Uma boa notícia para os fãs de filmes de ação e espionagem. A já consagrada franquia “Bourne” estará de volta após cinco produções: “A Identidade Bourne” (2002), “A Supremacia Bourne” (2004), “O Últimato Bourne” (2007), “O Legado Bourne” (2012) e “Jason Bourne” (2016).

Destes cinco filmes, o único que não foi protagonizado por Matt Damon, que interpretou o agente desmemoriado da CIA, Jason Bourne, foi “O Legado Bourne”. A produção foi uma tentativa fracassada de dar continuidade ao universo Bourne, visto que Matt Damon não demonstrou interesse em voltar a interpretar o agente. Foi então chamado o ator Jeremy Renner, que deu vida ao personagem Aaron Cross.

Contudo, Damon retornou para o que parecia ser o capítulo final da saga, o longa “Jason Bourne”. Se este filme não é tão impactante quanto os três primeiros, pelo menos ele não é decepcionante quanto o filme protagonizado pelo eterno Gavião Arqueiro dos filmes da Marvel Studios.

Frank Marshall

O renomado produtor Frank Marshall confirmou que está em busca de um novo diretor para assumir os trabalhos que darão um novo direcionamento ao universo criado pelo escritor Robert Ludlum. O que está certo até o momento é que nenhum dos diretores que estiveram nos filmes da saga estarão de volta, então nada de Doug Liman, Paul Greegrass ou mesmo Tony Gilroy.

Tudo novo

Tudo indica que a ideia é recomeçar do zero, provavelmente com um “reboot”.

Ou seja, uma nova história contada novamente desde o início, com um novo ator interpretando Bourne, inclusive. Pois, novamente, Matt Damon já deixou claro em entrevistas que não tem interesse em retornar à franquia, principalmente sem a presença do diretor Paul Greengrass no projeto.

Conjecturas

Dito tudo isto, por enquanto só resta para os fãs cogitar o que poderá ser visto no próximo filme.

Uma das possibilidades é que a próxima aventura tenha como ponto de partida o último filme “Jason Bourne”, de 2016. No longa, mais uma vez Bourne estava fugindo da CIA e tentando montar o quebra-cabeças que é o seu passado, desta vez ele estava tentando lembrar o que aconteceu com seu pai, o diretor da agência de espionagem dos Estados Unidos.

No final da trama, a agente Heather Lee (Alicia Vikander) se revelou uma inimiga que tinha intenção de matar o protagonista. Mas se a produção for por este caminho, teria que ter a presença do astro Matt Damon que como já foi dita acima, não tem interesse em voltar a este universo, então poderia se pensar que em outro ator para viver o personagem. O que no final das contas seria uma estratégia muito arriscada, substituir Damon a partir deste ponto da história.

Literatura

Outra possibilidade é que se volte a basear as aventuras do personagem nos livros. Os três primeiros filmes foram baseados em livros homônimos e o filme de 2016 foi elaborado a partir do roteiro escrito por Greengrass, Christopher Rouse e o próprio Matt Damon.

Desta maneira, poderia se voltar à cronologia dos livros, depois da trilogia escrita por Robert Ludlum, um novo livro deu continuidade à saga literária, "A Traição de Bourne" (Rocco). Que teve sua primeira edição em 2007, este livro foi escrito por Eric Van Lustbader, o criador de Jason Bourne, o escritor Robert Ludlum faleceu em 2001.

Nesta segunda opção, a troca de Matt Damon por outro ator seria feita de uma forma mais aceitável para o público. A má-noticia é que como as produções em Hollywood estão momentaneamente canceladas. As filmagens só deverão ter início em 2021, com lançamento para 2022 ou 2023.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!