Atualmente, manter-se conectado a um dispositivo móvel é algo totalmente comum, e não é difícil se deparar com pessoas que passam horas olhando para a tela do celular.

Esse cenário se dá devido à injeção de dopamina liberada no usuário quando o mesmo recebe uma “curtida” em um post publicado em sua rede de compartilhamento, causando, assim, uma sensação de prazer, que o leva gastar mais tempo nessas plataformas.

O que é design de vício?

Com a crescente globalização e o avanço desenfreado das novas tecnologias, foi desenvolvido pelos experts em “Experiência do Usuário”, (também conhecidos como UX) um termo chamado design de vício, que se utiliza de truques neuropsicológicos para prender a atenção da mente humana.

Para ter uma ideia do quão sério é o estudo, há um campo de pesquisa totalmente dedicado a tornar as pessoas mais conectadas e dependentes de seus smartphones, computadores, tablets e etc.

Apesar de existirem recursos óbvios para prender a atenção dos usuários, há aqueles que são mais sutis e que causam grandes impactos no cotidiano do ser humano dentro da Era tecnológica.

Como os usuários são influenciados?

Como mencionado anteriormente, existem alguns recursos que são utilizados a fim de prender a atenção da pessoa a ponto dela não querer mais largar seu dispositivo.

Uma grande sacada nesse sentido, sem dúvidas, é a invenção da “rolagem infinita”, presente na maioria das redes de compartilhamento atualmente.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Tecnologia

Essa Tecnologia foi desenvolvida por Aza Raskin, no entanto, a proposta principal era de facilitar a experiência do usuário, e não o inverso.

Há um aspecto bastante interessante a ser destacado nesse recurso, onde somente a força de vontade da pessoa pode brecar a utilização do aplicativo, caso contrário, o cérebro não tem “parada”.

Outra ferramenta bastante utilizada, e que praticamente passa despercebido aos olhos de um leigo, é o “Deslize para baixo”, que constitui, basicamente, em atualizar as informações do feed. Esse recurso foi desenvolvido pelo Twitter que se utiliza do “design UX”.

As famosas “notificações”, que também estão presentes nas redes sociais, e são mais uma ferramenta poderosa no quesito design viciante. A curiosidade do usuário aumenta ainda mais quando essas notificações têm um numero elevado de pendências ou mensagens não lidas.

O objetivo desse recurso é que a atividade do usuário gere uma resposta imediata de outras pessoas, desta maneira, surgirão novas notificações que irão manter o usuário por mais tempo na rede.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo