Nossa história de hoje começa em Saint Ann, (interior da Jamaica) Ilha Do Caribe precisamente. Lá nasce Robert Nesta Marley, o maior e melhor músico de Reggae em todos os tempos. Na infância se muda para Kingston onde inicia seu talento para Música. Ao lado do também Jamaicano Peter Tosh começa uma banda da pesada, brincadeira! Bob sempre foi de paz e depois que se envolveu com o líder Rastafari, Haile Selassie, pronto! O menino mulato, que sofreu preconceitos desde novinho por ter os pais separados e de etnias diferentes, simplesmente sente-se motivado em tornar-se porta-voz de sua crença e costumes religiosos através de potencial artístico, que inclusive já dava seus primeiros frutos a essa altura.

Robert então entra de cabeça nos ensinamentos do mestre e viaja em sua nova e estimulante religião. Claro que não faltava a erva sagrada para os Rasta e para seus fãs e admiradores ao longo de sua breve caminhada pela música!

O Rastafari é uma crença derivada do Cristianismo que sugere algumas adaptações e mistura um pouco as coisas. Nosso profeta Bob, então cada vez mais crente em sua religião, compõe clássicos que não citarei especificamente, porque todos nós ocidentais conhecemos a sua obra; e talvez até o oriente deve conhecer também, mesmo que superficialmente, pois Bob é referência de humanidade para todos.

Infelizmente quem é bom algumas vezes morre cedo, pois ele ainda tinha muito para evoluir principalmente em sua espiritualidade que acabava confundindo nosso querido profeta Jamaicano com crendices peculiares bem diferentes das tradicionais; porém tanta cultura regional enriqueceu mais a criatividade e a fé do nosso artista.

Época de eleições em Kingston. Bob resolve fazer um show e apoia um candidato; mal sabia ele que tentariam tirar sua vida por conta disso. O candidato concorrente perdeu o juízo quando soube que o rei do reggae tomaria partido distinto, então enviou pistoleiros para o matar.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades Música

Graças a Deus Bob saiu tão rápido do hospital que ainda teve coragem de subir ao palco do show e dizer: "As pessoas que trabalham para destruir o mundo não descansam jamais, porque eu que faço o bem vou me poupar?". Pouco tempo após esse acontecimento, em uma partida de futebol com os amigos, Bob machuca o dedão de um dos pés; porém não valoriza o cuidado com o ferimento e acaba agravando a ferida. Não podemos afirmar que o câncer responsável pela falência de nosso cantor tenha obrigatoriamente ligação com esse machucado no dedo do pé; porém pode ter sido um detalhe muito determinante.

Tristezas e lamentações a parte, terminaremos a entoar seus louvores pela paz e pelo amor...

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo