Nem tudo serão flores no reino do rei Evil-Merodaque (Kayky Brito) na novelaO Rico e Lázaro”, pois os opositores Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme) e sua amante Sammu-Ramat (Christine Fernandes) farão uma conspiração contra o rei e seus aliados, tudo para conquistarem o trono e o poder do maior império da época.

Sammu incentivará o Exército babilônico a ser a favor do chefe da Guarda Real e contra o rei Evil, afirmando que o novo rei é somente a favor dos hebreus e contra os babilônicos.

Conspiração dos vilões

Com isso, a maioria dos babilônicos entra para o lado do oficial Nebuzaradã e combinam o dia da rebelião contra a nova gestão do reino. O chefe da Guarda Real e os soldados rebeldes invadem a sala do trono com armas em mãos.

O rei Evil que sente algo está errado e pede que os soldados abaixem as armas. O filho de Nabucodonosor (Heitor Martinez), já morto nesta altura da novela, ordena novamente que os soldados abaixem as armas, porém nem um oficial babilônico obedece. Então, Nebuzaradã avisa que o Exército agora obedece somente às ordens dele.

Asher tenta salvar Evil

Porém, quatro soldados da Guarda Real ainda protegem o rei da Babilônia com armas em punho e Nebuzaradã acena para o irmão cúmplice, Rabe-Sáris (Gustavo Leão), e alguns soldados para atacarem. Os soldados traidores matam o quarteto e Asher pega uma arma corre para proteger o rei.

Nebuzaradã rir da situação e manda o Lobo de Judá desistir. Asher confirma que Evil é o rei legítimo e que todos os soldados não devem apoiar o traidor.

Neste momento do ocorrido, estão no sala, a rainha mãe Amitis (Adriana Garambone), o profeta Daniel (Gabriel Gracindo) e Sammu.

Nebuzaradã alega que Evil é o traidor e o rei rebate dizendo que fez tudo pelo povo e nunca traiu ninguém, sempre protegendo e evitando a destruição do reino. Triste e revoltada, Amitis se manifesta contra o ex-genro e o questiona sobre o porquê da traição a família de Nabucodonosor.

O oficial traidor faz de conta que não ouviu nada da ex-sogra e manda um soldado colocar uma espada no pescoço do Governador. A rainha mãe joga uma maldição no traidor enviando todos os demônios para atormentarem a vida do oficial.

Mortes de Evil e Amitis

Evil começa a humilhar Nebuzaradã dizendo que o ex-cunhado sempre teve ambição sem limites e agora mostrou a sua verdadeira face. Além de ser um verme que sempre se alimentou das migalhas do poder, desprezando a sua origem hebreia, fingindo o que não é. Não é digno nem de sentar no trono babilônico. Chegou nem a altura da dignidade da princesa Kassaia (Pérola Faria).

Nunca teve sangue real. A honra está longe de si. Só sabe matar como um animal raivoso.

Ironicamente, Nebuzaradã alegando que sabe fazer melhor é matar e crava a sua espada no peito de Evil. Amitis fica apavorada e pega um punhal na roupa do filho e tenta matar Nebuzaradã, jogando sempre palavras de maldição. Mas a esposa de Nabucodonosor acaba sendo assassinada pelo vilão.

Em seguida, Nebuzaradã senta no trono e Asher fica furioso. Trancada dentro do quarto, a princesa Nitócris (Sthefany Brito) fica desesperada com o que pode acontecer com a mãe e o irmão. A esposa de Nabonido (Augusto Garcia) quando consegue sair dos aposentos, corre e encontra a mãe e o irmão mortos.

A mãe de Belsazar (Marcelo Arnal) promete se vingar do casal. Sammu-Ramat sorrir irônico e se coloca como a rainha da Babilônia diante de Nitócris.

Fases finais

Essas reviravoltas, na trama de Paula Richard, serão após o reinado de paz de Evil-Merodaque, que já será na próxima fase da novela “O Rico e Lázaro”. Lembrando que essas fases de troca de reis babilônicos serão bem rápidos na tela da Record TV até chegar o período em que o “banquete de Belsazar” se realizará e o profeta “Daniel será jogado na cova dos leões”, no reinado do Ciro após os reis babilônicos.

Confira no vídeo abaixo, sobre o outro lado da novela "O Rico e Lázaro" com os dois protagonistas da trama:

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!