Durante toda a novelaO Rico e Lázaro”, na tela da RecordTV, muitos espectadores ficaram se perguntando quem seria o homem rico e o pobre mendigo cheio de chagas na trama adaptada por Paula Richard.

Acontece que a autora responsável pelo folhetim bíblico baseado na famosa parábola do rico e o mendigo, contada por Jesus, no Novo Testamento, está passando a vida dos dois personagens desde criança até chegaram a idade de mais de 70 anos, exatamente no fim do cativeiro babilônico.

A parábola na novela

Com isso, o público de casa conhece a fundo a vidas dos dois protagonistas.

Na última semana da novela bíblica, aí, sim, acontecerá a passagem da parábola contada por Jesus sobre o rico e o pobre com lepra.

Na última semana da novela, sabendo de todos os detalhes dos dois protagonistas, que os espectadores assistiram durante todos os capítulos, o público de casa na verdade já saberá quem deve ir para o inferno e qual deles tem o direito de ficar no céu com o pai Abraão (Paulo Gorgulho).

As escolhas

Lembrando que o rico e o Lázaro contada na parábola de Jesus simbolizam a vida das pessoas antes de morrerem. Se a pessoa agiu conforme o espírito de Lázaro, será salvo a sua alma irá ao céu. Se agiu erradamente como homem rico, herdará o inferno.

Lembrando que o que decide a vida eterna de uma pessoa não é exatamente a sua riqueza ou a sua pobreza.

Então, entre o rico e o mendigo, o que os fará entrarem no céu ou no inferno não é a sua condição financeira, mas, sim, a sua vida com Deus.

Oportunidade de ambos

Por isso, nos próximos capítulos, o profeta Daniel (Gabriel Gracindo) visitará o hebreu Asher (Dudu Azevedo) na prisão e começará a falar de Deus para ele. Se caso Asher seja o mesmo Lázaro da parábola bíblica, ele se converterá ao Deus de Israel e será salvo, sem depender se ele é rico ou não.

Mas, mesmo riquíssimo e velho, Asher pode voltar a pobreza nos últimos capítulos e ficar leproso, palavra que significa Lázaro, para se adaptar a passagem dita por Jesus.

Mas, se caso Zac (Igor Rickli) for o mendigo Lázaro, ele pode mudar totalmente e se converter ao Deus de Israel e perder tudo na vida, passando a viver com junto os pobres, para provar a sua fé em Deus, mesmo na miséria.

Algo completamente improvável que aconteça na novela, mas nada é impossível. A autora antecipou que o final da novela será surpreendente.

Agora se a escolha de Zac é rejeitar a Deus como vem ocorrendo na novela, passando a viver sempre como um egoísta, orgulhoso, enganador, chantagista, assassino e um verdadeiro “amigo da onça”, seu fim com certeza será o inferno. Como irmão mais velho e mau exemplo para a sua mãe Elga (Denise Del Vecchio), que já vive na idolatria, e para os seus cinco irmãos, Zac pode levar todos os seus familiares para o inferno.

Como o pai Abrão fala com o rico que está no inferno que não pode mandar ninguém a Terra para falar sobre o inferno e o céu, pois eles nem escutam os profetas da época, como pode acreditar numa pessoa que acabou de se levantar dos mortos.

Porém, mesmo com o rico no inferno, no caso pode ser Zac mesmo, os seus cinco irmãos podem ainda escutar os profetas e mudarem as suas escolhas. A serva da família, Zelfa (Lucinha Lins), só vive falando de Deus para os seus meninos, como ela os chama carinhosamente.

Alguns dos irmãos de Zac ainda podem se converter ao Deus dos hebreus como a serva Zelfa. Mas, quem dos irmãos de Zac pode mudar? Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme), Absalom (Roger Gobeth), Nicolau (Raphael Montagner), Rabe-Sáris (Gustavo Leão), Tamir (Anderson Müller) ou Shamir (Renato Rabelo)? Lembrando que Nebuzaradã é o primeiro que morre e o oficial é somente irmão por parte de pai de Zac.

Olhe para a caracterização dos atores após os 70 anos de cativeiro babilônico e defina quem é o homem rico e quem é o pobre Lázaro.

Confira também no vídeo abaixo sobre quem poderá morrer na cova dos leões na reta final de "O Rico e Lázaro":