O estigma criado em cima de hospitais destinados à internação para doentes psiquiátricos é, ainda hoje, bastante grande; antigamente estes locais eram tidos como instituições desumanas, nas quais eram realizados tratamentos dos mais cruéis.

Os 10 Famosos que você vai ver a seguir já estiveram internados em hospícios, seja devido a transtornos alimentares ou até mesmo pensamentos suicidas; a maioria dos casos ajuda a ''desmistificar'' a má reputação destas clínicas e mostrar o quanto o tratamento psiquiátrico evoluiu nos últimos anos:

Carrie Fisher

Nossa eterna Princesa - e agora General - Leia Organa recebeu um diagnóstico de transtorno bipolar em 1985, sendo internada diversas vezes desde então, até sua morte precoce, em 2017.

Em uma entrevista a Diane Sawyer no ano 2000, Carrie Fisher conta que costumava pensar que ela apenas tinha um vício em drogas, mas que acabou descobrindo que possuía também um sério desequilíbrio psíquico.

Pessoas com transtorno bipolar têm oscilações de humor drásticas e repentinas, de tal forma que chegam a impactar a vida de quem sofre deste distúrbio.

Demi Lovato

Demi foi internada em 2010, após chegar ao ''fundo do poço'' de seu vício em álcool e drogas. Na época, a cantora tinha apenas 18 anos. Ela também recebeu diagnósticos de bulimia e transtorno bipolar. Demi conta que o pior de sua internação foi a exposição a qual ela acabou submetida [VIDEO];.

Ela ainda estrelava uma série do Disney Channel na época, e sentiu como se estivesse sob uma lupa em meio aos holofotes.

Winona Ryder

Em 1990, Winona estava prestes a ter um papel no terceiro filme da trilogia de ''O Poderoso Chefão'', quando precisou abrir mão dele para internar-se num hospício devido a um quadro de ansiedade extrema. Nove anos depois, Winona reviveu os dramas deste transtorno em seu papel em ''Garota, Interrompida''.

Robbie Williams

Robbie Williams também teve problemas com a ansiedade no ano de 2006. A pressão de sua turnê mundial fez com que o cantor britânico cancelasse alguns shows para passar algum tempo internado.

Depois disso, Robbie decidiu ''diminuir o ritmo''; passou a realizar turnês mais modestas e espaçar os lançamentos de seus álbuns.

Sinéad O’Connor

No meio do ano passado, a cantora irlandesa passou a preocupar os fãs ao postar vídeos em seu Facebook, nos quais descrevia os pensamentos suicidas que andava tendo. A localização de Sinéad - um motel em Nova Jersey - foi identificada e a cantora foi imediatamente encaminhada para um hospício. Sinéad havia acabado de passar por uma remoção de útero e estava muito abalada.

Mariah Carey

Em 2001, diversas atitudes de Mariah Carey [VIDEO] fizeram com que seus fãs suspeitassem de que a Saúde mental da musa não ia muito bem. Em julho, a mãe de Mariah chamou a polícia para conter um ''ataque de nervos'' da cantora e Mariah foi levada pata o Silver Hill Mental Hospital, nos Estados Unidos, onde permaneceu durante suas semanas repousando e se recuperando de um caso de esgotamento mental e emocional.

Steven Tyler

Em 1980, o vocalista da banda Aerosmith esteve internado no McLean Hospital para tratar seu vício em drogas e outros problemas mentais. Tyler parece ter tido uma estadia bastante tranquila e até agradável na clínica; seu colega Rick James, que esteve no McLean para visitar Tyler contou que o amigo parecia feliz e saudável, e que isso o encheu de esperança.

Marylin Monroe

O relato da internação de Marylin Monroe não é nem de longe tão animador quanto o de Steven Tyler. Marylin foi internada em 1961, após as filmagens de ''Os Desajustados'' (seu último filme). Na época, Marylin acabara de se separar de Arthur Miller e ficou internada no Payne-Whitney, cuja reputação sempre foi sombria. Em cartas para seu psicólogo, Marylin descreveu a estadia na clínica como ''desumanizante'', dizendo que os médicos a tratavam como se ela fosse ''uma psicótica perigosa''.

Marylin foi diagnosticada com esquizofrenia, transtorno dismórfico corporal (o indivíduo se enxerga de forma diferente do que realmente é fisicamente) e transtorno de personalidade borderline (mudanças súbitas de humor e medo de abandono).

Catherine Zeta-Jones

A atriz se internou voluntariamente em 2011. Após um ano que a própria Catherine e seus agentes descreveram como ''estressante'', a atriz teria ido tratar um transtorno bipolar, agravado pela batalha entre seu marido, Michael Douglas, e um câncer de garganta.

Britney Spears

Em 2008, Britney foi parar em todas as manchetes após agredir um paparazzo e demonstrar comportamento psicótico. A cantora passou uma semana em um hospital psiquiátrico, mas o controle de suas finanças foi temporariamente passado para seu pai, James Spears.