O canal de Tv a cabo americano Discovery Channel produziu recentemente uma série para tentar desvendar um dos maiores mistérios sobre o ex-narcotraficante [VIDEO] colombiano, Pablo Escobar, morto em 1993. A grande dúvida seria em relação a centenas de milhões de dólares que ainda poderiam estar escondidos em algum lugar entre as Américas Central e do Sul.

Dois ex-agentes norte-americanos da CIA obtiveram acesso em primeira mão a uma série de documentos, testemunhas e ainda contaram com o apoio da cúpula do governo da Colômbia na jornada. Eles também utilizaram uma tecnologia para fazer varreduras subterrâneas em várias regiões entre a Colômbia e diversos países da América Central.

O governo colombiano tem interesse em solucionar de uma vez por todas o mistério de Escobar, já que o suposto tesouro hoje é uma incômoda lenda urbana que interessa muitas pessoas no País.

Quantidades enormes da droga foram contrabandeadas da Colômbia para Porto Rico debaixo d'água, antes de serem transportadas para Miami em lanchas rápidas.

Agora, um dos submarinos de Escobar foi encontrado e mergulhadores da agência de inteligência dos EUA foram enviados para explorar o local secreto na caçada a possível grande Fortuna.

Em sua busca por encontrar o local, os ex-agentes da CIA, Doug Laux e Ben Smith, até falaram com homens e mulheres que costumavam carregar a coca na época de Gavíria.

Escobar usou submarinos que poderiam transportar cerca de duas toneladas de cocaína para expandir suas operações de contrabando e ajudá-lo a sair mais facilmente da severa aplicação da lei [VÍDEO] [VIDEO].

No programa de televisão da Discovery, "Finding Escobar's Millions", Laux e Smith lideram uma equipe na Colômbia em uma missão para descobrir dinheiro escondido, ouro, armas e jóias.

E depois de um dos homens locais levarem os agentes para o lugar onde se encontrava um submarino, eles enviaram mergulhadores às águas para ver o que poderiam encontrar.

O vídeo com o mergulho para o naufrágio do submarino de Escobar publicado no canal do YouTube da Discovery UK, mostra os homens que estão sendo levados em um barco para o local.

Eles acreditam que o local estava lá por décadas, mas que recentemente foi descoberto por uma tempestade que deslocou a areia no fundo do mar.

Usando câmeras subaquáticas, os mergulhadores encontraram muito metal e uma caixa, mas não os tesouros que estavam procurando. No entanto, eles ainda vêem a descoberta como uma grande pista em sua caça para finalmente rastrear o tesouro perdido avaliado em cerca de R$ 216 bilhões.

Inclusive, a quantia ainda pode estar no fundo do mar próximo ao submarino, uma vez que o leito oceânico é bem inconstante, é possível que o dinheiro ainda esteja pelo local só necessitando de uma busca mais aprofundada por parte dos mergulhadores da CIA.

Até mesmo furacões próximos podem ter mexido ou escondido ainda mais os vestígios.

Acredita-se que Escobar escondeu sua gigantesca fortuna em toda a Colômbia e outros países antes de ser morto, e que apesar de muitas pessoas já terem encontrado algumas quantidades durante esses anos, uma grande parte ainda pode estar aguardando ser encontrada.