O comediante Marcelo Eiji Harada foi preso nesta quinta-feira (17) com uma grave acusação. Marcelo, que ficou conhecido por participar do programa Pânico, ainda nos tempos da Rede TV, foi detido pela manhã em sua casa situada na zona sul de São Paulo em uma operação que combate a pornografia infantil.

A polícia encontrou na casa do artista um HD externo com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e ele foi encaminhado ao DHPP e está aos cuidados da delegada Elizabete Sato, que recentemente presidiu o Conselho Estadual de Direitos das Crianças.

A delegada Elizabete Sato ressaltou em entrevista ao portal Uol que não sabia que o acusado é famoso e que ele foi enquadrado no Art.

241B do Estatuto das Criança e do Adolescente que prevê reclusão de um a quatro anos, além de multa.

Marcelo Harada era conhecido como o "Japonês do Pânico" e ficou famoso em quadros como o "Jô Suado", que era uma paródia ao Programa do Jô feita pelo humorista Carioca. No quadro, Marcelo interpretava uma versão de Sabrina Sato, chamada de Sabrina Sapo, em que era sempre esculhambada por seu namorado Sávio, personagem de Eduardo Sterblitch.

Marcelo Harada não acompanhou seus companheiros quando o programa passou a ser exibido pela Band em 2012.

Veja abaixo o quadro completo de Jô Suado na época do Pânico na Rede TV:

Saiba mais sobre o programa Pânico:

O programa Pânico foi criado ainda na Rádio Jovem Pan e ganhou sua primeira oportunidade na televisão no ano de 2003 na pequena Rede TV.

O Humorístico foi idealizado por Tutinha, presidente da rádio Jovem Pan, e por Emílio Surita, que comandava as atrações já no rádio e passou a tomar conta da bancada do programa também na televisão.

Contando com os humoristas Wellington Muniz, Carioca, Rodrigo Escarpa, Marcos Chiesa, além da presença de Sabrina Sato, que pouco tempo antes, havia saído do Big Brother Brasil da Rede Globo, o programa virou sucesso absoluto nas noites de domingo, batendo de frente com o poderoso Fantástico na briga por audiência.

Com a entrada de novos humoristas, além é claro das Panicats, que ficavam dançando no palco praticamente nuas, o Pânico virou um verdadeiro fenômeno da Rede TV e acabou se transferindo para a Band em 2012.

Na nova emissora, o programa acabou perdendo a força de outrora encerrando seu contrato no final do último ano. Hoje o Pânico continua apenas no rádio.

Confira outras notícias sobre famosos

Pitty tira o vestido em festival e diz: 'Ninguém tá nem aí' [VIDEO]

Paulo Cintura detona Rede Globo e revela 'podres' da emissora [VIDEO]