Nesta próxima terça-feira (15) vai ao ar, na Rede Globo, o primeiro episódio da sexta temporada do humorístico Tá no Ar: A TV na TV. E para falar sobre o fim da atração o jornal O Dia entrevistou nesse último domingo (13) o comediante Marcelo Adnet.

A atração é uma criação do próprio Adnet, Marcius Melhem e Maurício Farias, enquanto os dois primeiros além de atuar também são redatores do programa, cabe ao último a direção.

O programa é um sucesso incontestável como comprovam os bons números da audiência do Tá no Ar, além da forte presença nas redes sociais. A quinta temporada registrou 15,2 pontos de média, com pico de 23,2 e share de 27,8%.

Estes números representam a segunda melhor estreia do programa, ficando atrás apenas da quarta temporada que teve 16 pontos em sua estreia.

Adnet diz entender o clima saudosista nas gravações da temporada derradeira, mas diz que procura espantar qualquer tipo de clima de despedida nos trabalhos, ele acredita que a atração pode voltar em uma edição comemorativa, como um especial de dez anos.

Fim da atração

A decisão de terminar com o programa não foi tomada recentemente, o término da atração já estava sendo cogitado há mais ou menos uns dois anos, porém com a relevância que o programa tinha (e ainda tem), a decisão vinha sendo adiada.

Outro fator que colaborou para esta decisão foi o fato de todo o elenco da atração ficar impossibilitado de trabalhar em outros projetos diz o carioca de 37 anos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

Adnet acredita que o programa é super contemporâneo mesmo tendo sido criado há seis ou sete anos, mas ele ressalta que neste período de tempo acontecem muitas coisas, daí a necessidade de estar sempre se renovando.

Perguntado sobre quais seriam seus personagens preferidos da atração ele diz gostar muito do Militante Revoltado pelo fato dos absurdos e teorias conspiratórias que o personagem apresentava no meio da programação.

Ele também fala sobre o índio Obirajara por este ser um índio deslocado de sua tribo e ser bastante urbano.

Marcelo Adnet cita também o personagem Jorge Bevilacqua, interpretado pelo ator Welder Rodrigues (o eterno Jajá do extinto programa humorístico Zorra Total).

Enquanto Marcius Melhem, que é responsável pelos projetos de humor da emissora e do diretor Maurício Farias que continuarão suas atividades na Rede Globo, Marcelo Adnet pretende entrar de férias assim que acabar as gravações da última temporada do Tá no Ar, mas diz já ter alguns projetos que poderão ser apresentados para a emissora em breve.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo