Anúncio
Anúncio

A notícia do fim do Vídeo Show acabou deixando muitos telespectadores tristes. O programa sempre buscou trazer as memórias das novelas e de alguns programas da TV Globo. O Vídeo Show era uma mistura de entretenimento e informação.

Durante 35 anos, o programa fez parte da vida de muitos brasileiros, mas nesta sexta-feira (11) deixará a programação da TV Globo.

De 1983 a 2019, o programa [VIDEO] foi apresentado por mais de 60 atores, nomes consagrados como Tony Ramos, Fernanda Torres, Miguel Falabella, entre muitos outros, que levaram diversão às telinhas.

O Vídeo Show teve início em 1983. Apresentado pela atriz Tássia Camargo, o programa tinha uma proposta de homenagear o passado e exaltar o presente das novelas [VIDEO] e programas da TV Globo.

Advertisement

Em 1987, Marcelo Tas ficou à frente do programa por cinco meses, deixando o comando do Vídeo Show para Miguel Falabella, que por treze anos comandou e mudou a cara da atração. Falabella começou sua parceria com Cissa Guimarães em 1989, e Cissa chegou a criar o bordão “gentem”, que fez muito sucesso.

Em 2000, André Marques entrou no lugar de Falabella, fazendo dupla com Cissa na apresentação do programa, e ficou durante treze anos.

Ana Furtado participou da equipe do Vídeo Show por nove anos e trabalhou ao lado de André Marques desde 2010, deixando o programa em 2013, assim como André.

Em 2013, Zeca Camargo assumiu o comando do programa e passou a compartilhar a bancada com Otaviano Costa, que em 2015, com a saída de Zeca, ficou ao lado de Monica Iozzi, trazendo um bom-humor diferente à frente do Vídeo Show.

Advertisement

No mesmo ano, Giovanna Ewbank e Joaquim Lopes se juntaram a Otaviano e Monica na apresentação do programa, enquanto Miguel Falabella deixava mensagens inspiradoras ao final da atração.

Já em 2016, Sophia Abrahão e Joaquim Lopes apresentaram o Vídeo Show, e no ano seguinte passou a acontecer um revezamento de duplas entre Sophia, Joaquim e Otaviano.

Em 2018, Sophia Abrahão dividia a apresentação do Vídeo Show com Fernanda Keulla, Vivian Amorim e Ana Clara, ambas eram ex-BBBs.

Repórteres

Muitos se destacaram como repórter durante os 35 anos do programa, a jornalista Renata Ceribelli se destacou por cinco anos.

Em 1995, Renata era acompanhada de Cissa Guimarães e Virgínia Novick, que produziam as matérias externas.

Já em 2018 foi a vez de Felipe Titto fazer as matérias externas e Matheus Mazzafera, Maurício Meirelles e Carioca cuidavam dos quadros humorísticos.

Ana Furtado

Ana Furtado passou nove anos no programa, e ao saber que ele não faria mais parte das telinhas, deixou seu recado, mostrando a importância do programa em sua vida.

Durante o Mais Você, o qual vem apresentando durante as férias de Ana Maria Braga, Ana disse: "O Vídeo Show fez parte da minha vida por quase nove anos. Aprendi muito com o Vídeo Show. E celebro esse programa como se ele fosse um amigo meu, porque me recebeu com tanto carinho, me ensinou tanta coisa, me fez crescer tanto, que ele já me deixa muita saudade. E eu vou trazer ele sempre dentro do meu coração".

Muitos outros artistas deixaram depoimentos emocionantes quanto ao termino do programa Vídeo Show.

Angélica também deixou sua mensagem:

"É muito difícil falar nesse momento. O coração fica um pouco apertado, afinal de contas, o Vídeo Show fez parte da minha vida. Fora 10 anos de Vídeo Game. Todos os trabalhos que fiz com o André (Marques), todas as brincadeiras... Me diverti muito! Foi através do Vídeo Show e do Vídeo Game que me conectei com um público diferente. Quando acabei de fazer um programa infantil e fui para o Vídeo Game, foi justamente para o público que me acompanhava quando criança, e virou adulto e adolescente, me acompanhar e ter contato de novo", contou a loira.