A Venezuela está passando por uma grande crise política. Recentemente, Juan Guaidó, presidente do parlamento venezuelano se autoproclamou presidente do país, após ter tentado derrubar o atual presidente Nicolás Maduro. A decisão de Guaidó foi copiada aqui no Brasil pelo famoso artista José de Abreu, que decidiu se autoproclamar presidente da República Federativa do Brasil. José fez a publicação em seu Twitter na última segunda-feira (25).

Na sequência, ele fez uma nova postagem informando que estava na Grécia que iria assumir a presidência apenas no dia 8 de março lá no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Ele continua com sua postagem e diz que será de fato o novo presidente igual fizeram na Venezuela. O ator ainda brinca e diz que Lula será nomeado chefe da casa civil, militar e religiosa do país.

Muitos seguidores do ator deram continuidade à brincadeira e afirmaram que apoiam a atitude dele. Um seguidor chegou a dizer que se no país vizinho isso pode acontecer e muitos brasileiros apoiam, então aqui no Brasil também pode se autoproclamar presidente da República. Um outro fã ainda afirmou que reconhecia Zé de Abreu como o legítimo presidente do país e que, a partir de amanhã, a nação iria procurar por ajuda humanitária para que o país possa ser liberto do obscurantismo e da ignorância.

José de Abreu fez outras postagens em que brincava ao reafirmar que era um presidente autoproclamado. "Ser Presidente cansa. Aqui no exílio já são 4:54. Amanhã tem mais. Boa noite, meu povo. Seu presidente não os decepcionará! Avante! O Brasil ao lado de todos, nem acima nem abaixo. Nossa bandeira jamais sera laranja!".

Ele também brinca ao fazer algumas proibições: "Fica terminantemente proibida a pintura em branco (ou qualquer outra cor) de guias e tronco de árvores por qualquer membro das Forças Armadas.

Publicidade

Mesmo os membros mais ativos, como coronéis e generais."

O ator também fala sobre os grandes lucros dos banqueiros: "A partir do primeiro dia do meu governo, os bancos terão que pagar impostos correspondentes a 99% de seus bilhões de lucro, dirigidos exclusivamente à Educação e Saúde públicas."

José de Abreu continua com ironia e diz que as minorias terão direito a dois votos em cada eleição: "Negros, indígenas, LGBTs, mulheres e outras minorias terão direito a dois votos a cada eleição."

O ator também sugere que o dia da Independência deve sofrer alterações: "Teremos que mudar o dia da Independência para o dia que viermos a conquistá-la."

A brincadeira feita por José gerou uma grande interação com seus seguidores. Muitas pessoas curtiam e compartilhavam suas postagens.

Crise na Venezuela

A Venezuela vive uma verdadeira crise política. Recentemente, o atual presidente Nicolás Maduro ordenou que as fronteiras entre o país e o Brasil fossem fechadas. Desde então, o Exército acatou as ordens do presidente e não permite que ninguém atravesse as fronteiras do país. Quando os venezuelanos que moram próximos a fronteira souberam que isso ia acontecer, fizeram rapidamente estoques de alimentos. Os venezuelanos atravessavam a fronteira para comprar comida, já que os alimentos estão escassos no país.

Publicidade

Militares desertam

Segundo informações publicadas pelo G1, três sargentos desertaram e cruzaram a fronteira com o Brasil. Eles esperam se reunir com Juan Guaidó, o autoproclamado presidente interino. "Coloquem-se do lado do povo que passa fome", clamam os desertores aos outros militares que permaneceram na Venezuela.