A novela 'O Sétimo Guardião' não vai bem e isto não é nenhuma novidade para os fãs. Recentemente os diretores da novela se reuniram com o elenco, segundo as principais fontes de notícias, para se desculpar com os atores, por conta dos problemas da história e dos bastidores da trama. A separação de Loreto, por exemplo, gerou grande instabilidade nos bastidores, proporcionando desentendimentos entre os três protagonistas da trama. Este foi apenas uma das polêmicas que envolveu o folhetim de Aguinaldo Silva que, aliás, nem foi chamado para a reunião aqui citada.

Publicidade

O autor também não estaria dando atenção para o clamor do público e 'desprezando' a opinião popular. Tudo porque, um grupo de telespectadores avalia os personagens e é de praxe que o autor dê mais tempo de tela, para aqueles atores mais bem avaliados. De todo modo, a novela se encaminha para seu final e uma novidade vai acontecer. A aparição de um 'serial killer' vai deixar a trama mais enxuta. Entretanto, não é só isto que vai influenciar a retirada de personagens do folhetim. Além das mortes, alguns serão colocados para fora da cidade, ou simplesmente, esquecidos.

Personagens desaparecem da trama 'O Sétimo Guardião'

Dentro os personagens que irão sumir da novela estão Rita de Cássia (Flavia Alessandra) e Delegado Joubert Machado (Milhem Cortaz). Os dois, que formam um casal na novela, serão mortos pelo 'serial killer'. Cabe lembrar que Joubert é um dos guardiães, e este será o foco do matador em série. Segundo a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, estes serão os dois primeiros. Entretanto, não vai parar por aí. Feliciano, o barbudo que faz o mendigo de Serro Azul, personagem de Leopoldo Pacheco e Ramiro, o padre interpretado por Aílton Graça, também deixarão de existir.

Publicidade

Ambos, neste caso, pelo mesmo motivo de Joubert. Eles são guardiães e serão alvo do criminoso.

Já Fabim (Marcelo Mello Jr.) que não teve nenhuma função na trama, simplesmente será afastado da cidade ao ser acusado de assédio. A acusação será injusta, mas não importa, o autor fará uma referência velada ao amigo, José Mayer. Cane lembrar que Aguinaldo Silva defendeu, até o último minuto, a presença do ator em sua novela, o que não foi autorizado pela Globo. Ele não teve o contrato renovado, após acusação de assédio sexual.

Por fim, Mattoso, que entrou mais recentemente na história, personagem de Tuca Andrada e Guida Vianna, que faz a avó da ruiva Marina Ruy Barbosa, também estarão fora da trama em breve. Eles serão 'esquecidos' ao longo dos próximos capítulos. O motivo seria concentrar esforços nos principais personagens.