Segundo informações divulgadas pelo jornal L’Équpe, da França, investigadores da Polícia Judiciária do país recuperaram imagens das câmeras de segurança do hotel Sofitel Arc De Triomphe, onde o craque Neymar se encontrou com a modelo Najila Trindade, no dia 15 de maio. As imagens só foram recuperadas devido a um pedido feito pelas autoridades brasileiras.

Mesmo com toda a investigação sendo conduzida no Brasil, investigadores de Paris optaram por ajudar recuperando as imagens das câmeras de segurança, já que o suposto estupro teria acontecido em um hotel parisiense.

As câmeras dos corredores do local mostram o momento que o jogador chega, e também o momento que ele deixa o quarto de Najila. No entanto, mesmo com a “forcinha” dada pelas autoridades de Paris, a investigação segue sendo feita somente no Brasil, e não há hipótese nenhuma de se abrir um inquérito em outro pais sobre esse caso.

Ainda segundo informações do jornal francês, as imagens tiveram que ser recuperadas rapidamente porque o hotel só mantém as imagens armazenadas por um período máximo de 30 dias.

Agora, com as imagens de segurança em mãos, as autoridades esperam confirmar se o craque estava mesmo embriagado no momento que se encontrou com Najila, assim como foi dito pela modelo em seu depoimento.

Acusação de abuso e agressão

O craque da seleção brasileira, Neymar Jr., está sendo acusado de estupro e agressão desde o dia 31 de maio, quando a modelo, Najila Trindade, realizou um B.O. contra o jogador na capital paulista.

O caso esta sendo investigado pela 6ª Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em São Paulo, e desde que se iniciou, o caso ganha um novo capitulo a cada dia que passa.

Assim que teve conhecimento da acusação contra ele, Neymar expos prints das conversas que teve com a suposta vítima, Najila Trindade, nas redes sociais. Na conversa exposta pelo craque é possível ver fotos e vídeos íntimos da modelo, mas após um tempo Neymar optou por apagar os prints de sua rede social.

Além dos prints, o caso também ganhou mais um capítulo polêmico quando caiu na web um vídeo onde mostra a modelo agredindo o craque no mesmo quarto de hotel que ela teria sido estuprada por ele.

Devido a uma lesão, Neymar foi cortado da Copa América, e inclusive, já prestou depoimento sobre o caso em São Paulo. A modelo, além de denunciar o craque, também deu sua versão dos fatos durante uma entrevista concedida para o SBT.

Vale ressaltar que diversos advogados contratados pela modelo optaram por abandonar o caso, e agora quem segue defendendo Najila Trindade é Cosme Araújo. A modelo também alega que seu apartamento foi invadido e o tablet onde continha um vídeo que comprovaria as ações de Neymar furtado.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!