Em uma exibição do jornal "Alterosa Alerta", de uma afiliada do SBT em Minas Gerais, o apresentador acabou fazendo um comentário que gerou constrangimento. Stanley Gusman, apresentador do jornal, fez um comentário racista durante o programa.

Ao fazer o comentário racista em questão, Stanley estava ao vivo com o repórter Rafael Martins, que ficou visivelmente constrangido com o que o apresentador do jornal havia acabado de lhe falar.

No momento, Gusman estava em um link ao vivo com Rafael, quando resolveu comentar a respeito do presidente do instituto Ibope Inteligência, Carlos Augusto Montenegro.

O apresentador resolveu utilizar de um trocadilho com o sobrenome do presidente do instituto, Montenegro, e disparou que se ele fosse uma pessoa do bem, não se chamaria Montenegro, e sim "monte branco".

Antes do comentário racista ser feito, o apresentador também havia insultado o presidente do instituto, chamando-o de demônio.

Constrangimento do repórter

Após o comentário ao vivo de Gusman, utilizando do trocadilho racista, o reportar Rafael Martins se mostrou bastante constrangido com o conteúdo do comentário, e se limitou apenas a responder a situação com um "nossa mãe".

Em seguida, aparentemente Gusman acabou sendo repreendido por sua fala racista através do ponto eletrônico e tentou justificar o que havia dito. Segundo ele, a sua fala não se referia a respeito da cor de pele, e sim a respeito de escuridão, como céu brando e inferno escuro. O apresentador ainda tentou se defender, questionando a reação das pessoas a respeito de seu comentário.

O comentário feito pelo apresentador aconteceu durante a exibição do "Alterosa Alerta" da última terça-feira (9). Logo após o programa, o vídeo acabou viralizando nas redes sociais, onde o apresentador foi muito criticado pela sua fala.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Televisão

Muitas pessoas se mostraram indignadas com o apresentador. Outros se atentaram ao fato de que o repórter ficou muito constrangido com o momento completamente desnecessário durante a transmissão.

Sindicato se pronuncia

O Sindicado dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais divulgou uma nota na qual critica duramente a fala de Stanley, classificada como "grave e inaceitável".

O órgão também lamentou que ainda exista racismo dentro dos meios de comunicação e pediu para que o caso seja "devidamente apurado e responsabilizado".

No comunicado, eles destacaram que os jornalistas de Minas Gerais estão unidos com o povo negro na luta contra o racismo e pelos seus direitos. A emissora, no entanto, não fez nenhuma nota a respeito do caso, nem divulgou nenhum tipo de comentário a respeito da atitude do jornalista durante a apresentação do programa. O vídeo em que o jornalista faz o comentário está sendo amplamente divulgado pela web desde que foi ao ar na última terça.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo