Em uma exibição do jornal "Alterosa Alerta", de uma afiliada do SBT em Minas Gerais, o apresentador acabou fazendo um comentário que gerou constrangimento. Stanley Gusman, apresentador do jornal, fez um comentário racista durante o programa.

Ao fazer o comentário racista em questão, Stanley estava ao vivo com o repórter Rafael Martins, que ficou visivelmente constrangido com o que o apresentador do jornal havia acabado de lhe falar.

No momento, Gusman estava em um link ao vivo com Rafael, quando resolveu comentar a respeito do presidente do instituto Ibope Inteligência, Carlos Augusto Montenegro.

O apresentador resolveu utilizar de um trocadilho com o sobrenome do presidente do instituto, Montenegro, e disparou que se ele fosse uma pessoa do bem, não se chamaria Montenegro, e sim "monte branco".

Antes do comentário racista ser feito, o apresentador também havia insultado o presidente do instituto, chamando-o de demônio.

Constrangimento do repórter

Após o comentário ao vivo de Gusman, utilizando do trocadilho racista, o reportar Rafael Martins se mostrou bastante constrangido com o conteúdo do comentário, e se limitou apenas a responder a situação com um "nossa mãe".

Em seguida, aparentemente Gusman acabou sendo repreendido por sua fala racista através do ponto eletrônico e tentou justificar o que havia dito. Segundo ele, a sua fala não se referia a respeito da cor de pele, e sim a respeito de escuridão, como céu brando e inferno escuro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

O apresentador ainda tentou se defender, questionando a reação das pessoas a respeito de seu comentário.

O comentário feito pelo apresentador aconteceu durante a exibição do "Alterosa Alerta" da última terça-feira (9). Logo após o programa, o vídeo acabou viralizando nas redes sociais, onde o apresentador foi muito criticado pela sua fala.

Muitas pessoas se mostraram indignadas com o apresentador. Outros se atentaram ao fato de que o repórter ficou muito constrangido com o momento completamente desnecessário durante a transmissão.

Sindicato se pronuncia

O Sindicado dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais divulgou uma nota na qual critica duramente a fala de Stanley, classificada como "grave e inaceitável". O órgão também lamentou que ainda exista racismo dentro dos meios de comunicação e pediu para que o caso seja "devidamente apurado e responsabilizado".

No comunicado, eles destacaram que os jornalistas de Minas Gerais estão unidos com o povo negro na luta contra o racismo e pelos seus direitos. A emissora, no entanto, não fez nenhuma nota a respeito do caso, nem divulgou nenhum tipo de comentário a respeito da atitude do jornalista durante a apresentação do programa. O vídeo em que o jornalista faz o comentário está sendo amplamente divulgado pela web desde que foi ao ar na última terça.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo