Mesmo passado quase um mês da polêmica declaração do cineasta Martin Scorcese, que disse que os filmes da Marvel não são Cinema, ainda existe repercussão sobre a fala do lendário cineasta, este foi um dos assuntos abordados na entrevista em conjunto dada por Chris Evans e Scarlett Johansson no quadro da Variety “Actor on Actors".

A atriz que ganhou fama mundial por interpretar a Viúva-Negra da Marvel relatou que não entende qual é o “discurso verdadeiro” das pessoas que acreditam que os filmes do MCU estão exterminando o cinema. O intérprete do Capitão América mostrou estar de acordo com sua colega de profissão, e foi mais enfático na sua fala em defesa aos filmes da Marvel.

Chris disse que coisas novas estão acontecendo no cinema e estão inspirando que a roda da criatividade continue girando, e afirmou que acredita que há espaço para vários tipos de produções.

Além de sair em defesa dos filmes da Marvel, Chris Evans e Scarlett Johansson falaram sobre novos projetos depois de abandonarem seus personagens: Capitão América e Viúva-Negra.

Scarlett Johansson tem dois filmes que serão vistos em breve no Brasil, o primeiro é: “História de um Casamento” que chegará à Netflix no dia 6 de dezembro. O outro projeto da atriz é a produção “Jojo Rabbit”, a atriz está cotada em ambas as produções a uma indicação ao Oscar.

Embora afastada do universo dos super-heróis da Marvel (por motivos óbvios), Scarlett Johansson será vista novamente como a Viúva-Negra no filme solo da personagem que estreará em 2020.

Ainda sobre a Viúva-Negra, Scarlett contou que entrou para o MCU no segundo filme do Homem de Ferro e que naquela época era impossível saber o fenômeno que se tornou os filmes do MCU.

A atriz ressaltou que é importante também trabalhar em histórias pequenas e estúdios menores, que as pessoas desejam ver coisas diferentes, que elas querem diversidade, acredita Johansson.

Não pode ser pelo dinheiro

Chris Evans por sua vez, está divulgando o filme “Entre Facas e Segredos”, o longa tem direção de Rian Johnson. O ator comentou que por enquanto está afastado do mundo dos super-heróis. Ele elogiou o trabalho dos irmãos Russo que fizeram com que o Capitão América tivesse um arco bem complicado e que foi bem finalizado, Evans disse que se for para revisitar o personagem “não pode ser por grana”, explicou o ator.

O intérprete de Steve Rogers/Capitão América, acredita que um dos motivos de tanto sucesso do MCU, foi o fato de não ter uma única maçã podre entre as pessoas que trabalharam com ele. Evans também contou que pretende atuar por trás das câmeras, como diretor, mas, até o momento, ainda não teve coragem para escrever roteiros, confessou o ator.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!