A situação anda tensa nos corredores da Rede Globo de Televisão devido aos muitos funcionários que faziam parte do elenco fixo da emissora e não tiveram os seus contratos renovados. Grandes nomes, que trabalhavam na emissora há anos e que já fizeram muito sucesso nas novelas globais, não são mais funcionários exclusivos do canal e cumprindo uma novo modelo de trabalho, poderão ser contratados apenas por obra.

Na última terça-feira (28) saiu a informação de que Bruna Marquezine, que era funcionária da Globo há 17 anos, não teve seu contrato renovado, e segundo o comunicado, teria sido de comum acordo, pois a atriz queria ter mais tempo livre para investir em seus estudos no Brasil e no exterior.

Em seguida, foram revelados outros grandes nomes que não tiveram seus contratos renovados com o canal, entre eles estão Bruno Gagliasso, Reynaldo Gianecchini e Edson Celulari. O ator Mlavino Salvador, que tinha 16 anos de emissora, também foi dispensado recentemente.

O ator Bruno Gagliasso já era funcionário da emissora há 18 anos, mas ,a partir de agora, poderá atuar na empresa sendo contratado apenas para obras específicas. O último trabalho que o ator realizou na Rede Globo foi na novela 'O Sétimo Guardião', onde o ator era protagonista.

A assessoria de imprensa de Bruno Gagliasso fez questão de comentar sobre o fim do contrato do ator com a emissora.

Segundo o comunicado, depois de 18 anos tendo contrato fixo com a Rede Globo de Televisão, o artista teria manifestado o desejo de ter mais liberdade para expressar sua arte e por isso optou por prestar trabalhos na emissora apenas por obras. Ainda de acordo com a nota lançada, a decisão foi tomada de forma consensual e amigável, onde os dois lado saíram felizes.

Bruno Gagliasso ainda fez questão de ressaltar o quanto é grato pelos 18 anos que teve contrato com a emissora e por todo o amadurecimento que obteve ao trabalhar como ator na Rede Globo.

Situação tensa para atores e autores

Segundo Lo Bianco, o motivo de tantos contratos não renovados com grandes nomes da televisão pela Rede Globo de Televisão, seria motivado por uma reunião interna que ocorreu entre os chefões da emissora.

Nesta reunião, teria sido pedido que 80% dos gastos com contratos fixos fossem reduzidos, fazendo com que ocorresse o corte de tantos atores.

Muitos outros artistas estariam apreensivos sem saber o que estaria para acontecer com os mesmos, pois além de contratos não renovados, a empresa estaria chamando até profissionais importantes da emissora para conversar, entre eles muitos autores e até diretores, informando uma redução em seus salários, como forma de reduzir os gastos da empresa.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!