O mundo das celebridades possui todo tipo de excentricidade, e as atitudes destes famosos estão sempre impressionando a todos nós. Um dos Famosos que sempre nos surpreende é o milionário Chiquinho Scarpa, de 68 anos, que já fez as mais variadas atitudes excêntricas.

Chiquinho Scarpa já afirmou que ficou com mais de sete mil mulheres, já disse que enterraria um automóvel no quintal de sua mansão e que já teve criação de anões. Sua atitude agora causou surpresa em todos: implantar um chip na namorada para saber exatamente onde ela estará a cada momento.

Segundo apurou o jornal Extra, o multimilionário vai acompanhar de perto as andanças de sua atual namorada.

A corretora de imóveis, Luana Risério, de 35 anos, terá um microchip colocado sob a pele e será totalmente monitorada pelo namorado rico.

Motivo de implantar o microchip

Chiquinho Scarpa é morador de um pequeno palácio em São Paulo, avaliado em R$ 63 milhões, e o qual tenta vender há quase uma década. Para se ter uma ideia do tamanho de sua mansão, ele pode ficar até um ano sem colocar os pés em alguns cômodos da casa. E, dentro dessa imensidão, ele já se perdeu da sua namorada goiana, que é trinta e três anos mais nova do que ele. Para evitar que ambos não se percam mais um do outro, o multimilionário decidiu implantar um chip por baixo da pele da corretora de imóveis e, assim, sempre saber sua localização.

Novas tecnologias

A intenção da implantação desse microchip na namorada Luana Risério não é somente para localizá-la dentro de casa, e sim em qualquer lugar do mundo. O milionário vai ter acesso ainda a outro recurso moderno: um aplicativo que será instalado no celular da moça e que pode dar sua localização exata, através de GPS, em qualquer parte do planeta.

A corretora de imóveis morava no município de Goiânia, no estado de Goiás, e mudou-se para a cidade de São Paulo, onde mora com o namorado há pouco mais de um ano.

Chip de localização é 'comum'

Essa tecnologia atual apresentada acima não é exclusividade de Chiquinho Scarpa. Vários empresários da cidade de São Paulo já desfrutam da novidade tecnológica, porém, eles a usam para requisito de segurança em uma grande metrópole que tem alto índice de violência.

Esse microchip foi desenvolvido e comercializado por uma empresa de alta tecnologia que está localizada nos Estados Unidos. O pequeno chip de localização pode custar até R$ 30 mil.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!