O nome do apresentador Gugu Liberato, que faleceu devido a um terrível acidente doméstico, continua sendo muito comentado desde sua morte, em novembro do ano passado. A família do famoso e sua então companheira, Rose Miriam Di Matteo, iniciaram uma disputa na justiça por causa da herança milionária deixada por ele, o que está dando o que falar no país inteiro e levantado questionamentos sobre Gugu.

Rose descobriu que não era herdeira de Gugu logo depois da leitura do testamento deixado por ele. O documento foi aberto pouco depois da morte do apresentador por um advogado da família, que o leu na presença de todos os familiares.

Desde então, a médica, que esteve ao lado de Liberato por quase 20 anos, tem brigado judicialmente para ser reconhecida como companheira de união estável, o que lhe dá direito a uma grande parte dos bens deixados pelo famoso.

Nesta segunda-feira (03), a apresentadora Silvia Poppovic, que está no comando do programa "Aqui na Band", falou sobre a briga entre Rose Miriam e a família de Gugu e deu sua opinião sobre o assunto. Silvia diz que a médica não terá direito à herança do companheiro se tinha apenas uma relação de co-paternidade com ele. Segundo a apresentadora, caso Rose tivesse união estável, deveria receber metade de tudo o que o pai de seus filhos tinha.

Em parte de sua fala, Silvia disse que a pensão que será recebida pela médica será pouca, já que custa caro manter uma casa nos Estados unidos.

Ela ainda defendeu Rose Miriam por sua atuação de tantos anos como parceira de Gugu: "Eles moravam juntos? Não. Mas tinha um pacto de ter uma família. E justiça seja feita, a Rose se prestou a fazer esse papel de esposa, embora não fossem casados", completou.

Mãe de Gugu nega relacionamento

No último domingo (02), a mãe do apresentador Gugu, dona Maria do Céu, que tem 90 anos, foi uma das entrevistadas do programa "Fantástico", da Globo.

Na entrevista, ela deu declarações expondo a vida pessoal de Liberato com Rose Miriam Di Matteo.

Maria do Céu, que ficou com uma pensão no valor de R$ 163 mil e teve direito a 25% dos bens de Liberato, garantiu que o filho e a médica nunca haviam tido uma relação de marido e mulher. Segundo a idosa, eles viviam completamente separados, apesar de terem três filhos juntos.

A meia parte da herança deixada por Gugu ficou para João Augusto, de 18 anos de idade, e as gêmeas, Marina e Sofia, de 15 anos.

Após decisão judicial, ficou acordado que Rose Miriam só terá direito a uma pensão, que tem valor igual a R$ 100 mil. Ela pretende continuar a briga na justiça, já que quer receber metade de tudo que Gugu tinha e deixar a outra metade para seus filhos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!