Definitivamente a 20ª edição do BBB "Big Brother Brasil" se mostrou diferente das edições anteriores, unindo Famosos e anônimos, e despertando o interesse de celebridades como Marina Ruy Barbosa. Em pouco menos de um mês de programa, o reality já passou por diversas reviravoltas e até mesmo com os queridinhos do público sendo tidos como vilões posteriormente e vice-versa.

O programa de certa forma viralizou não só pelas constantes polêmicas que já estão atreladas a si naturalmente, mas também por temáticas sociais que perpassaram pelo "BBB20", como o assédio sexual até temáticas polêmicas, como a zoofilia.

O grande local para fomentar as discussões relacionadas ao programa, e que muitos internautas utilizaram, inclusive, para pedir a expulsão de alguns participantes foi o Twitter, em que o "BBB20" sempre aparece entre os assuntos mais comentados. A presença dos famosos e influenciadores digitais foi uma das questões que impulsionou ainda mais a popularidade do programa.

A popularidade é tamanha que até mesmo famosos conhecidos do público se mostraram telespectadores fanáticos pelo programa, como, por exemplo, Bruna Marquezine --melhor amiga de Manu Gavassi, que está no "BBB20"--, além de Bruno Gagliasso, Fernanda Paes Leme, Valesca Popozuda, Anitta e Marina Ruy Barbosa.

A ruiva já havia comentado sobre o programa e criticado a postura de alguns dos homens do reality, nomeados por uma parcela do público de 'chernoboys', ao concordar com uma postagem feita por Anitta no Twitter, em que a morena refletia sobre o comportamento dos homens e se isso ocorresse na "vida real" para onde iriamos "correr".

A ruiva concordou com o que foi dito, e ressaltou que a situação estava mesmo difícil.

'Óbvio que apoio as mulheres', diz Marina Ruy Barbosa

A atriz tem se mostrado fã do programa, ou ao menos acompanha com certa frequência as polêmicas do programa, que sempre se propagam pelo Twitter. Ao responder seus seguidores sobre diversas questões de sua vida no Twitter, Marina revelou ao público que na situação Homens versus mulheres em relação ao plano de Hadson, do chamado "Teste de Fidelidade", estava do lado das mulheres.

Marina Ruy Barbosa salientou que não está acompanhando o "BBB20" sempre pois, ela viaja bastante, o que impede que ela acompanhe com a mesma frequência que um telespectador ou um assinante do paper view, mas disse que consegue ver alguns vídeos pela internet, e referiu ser "óbvio" que está apoiando o lado feminino do "BBB20".

Marina Ruy Barbosa elencou favoritas

A ruiva ainda foi questionada sobre por quem estaria torcendo, ao que revelou a preferência por três mulheres: Marcela, Manu e Rafa. A sister ainda ressaltou que acreditaria que as três formariam uma final "linda". Porém, Marina deixou claro que saber que o jogo muda muito rápido, e que como não está conseguindo acompanhar tudo, sabe que a situação pode mudar.

A ruiva ainda revelou uma certa torcida por Babu.

Um de seus seguidores respondeu Marina dizendo que o seu preferido no game era o ator, ao que Marina disse que também gosta dele pelo que viu no reality até este momento.

Após discurso de Leifert, Marina Ruy Barbosa demonstra apoio

A ruiva ainda se posicionou pelo Twitter sobre a polêmica envolvendo Tiago Leifert, já que o apresentador foi muito criticado após a eliminação de Hadson, quando o apresentador foi acusado de "passar pano" para as atitudes rotuladas de machistas do ex-jogador de futebol. Bruna Marquezine e Gio Ewbank criticaram a postura do apresentador em alguns momentos, ao que o apresentador rebateu, salientando os malefícios do "linchamento virtual".

A ruiva compartilhou o texto de Leifert, e ressaltou que o diálogo, o perdão e o arrependimento são essenciais. A atriz ainda compartilhou a mensagem de uma seguidora que criticava o 'cancelamento' de famosos por determinadas ações, ao que Marina ressaltou que sempre tem um pouco de medo deste tipo de situação.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!