O polêmico lutador de UFC da Irlanda Conor McGregor se envolveu em outro problema, dessa vez com sua mulher. Conor teve um vídeo íntimo vazado na internet, onde ele aparece dormindo e uma mulher, que não é sua esposa Dee Devlin, o está filmando.

Polêmicas de Conor McGregor

Em abril de 2018, o lutador irlandês foi condenado por vandalismo e por agredir três pessoas em Nova York. Ele pagou uma fiança de 50 mil dólares, equivalente a pouco mais de R$ 217 mil.

Mas essa não foi a única polêmica na carreira de McGregor.

O lutador já foi preso por atacar o ônibus de um rival. Conor e uma gangue atacaram o ônibus do lutador Khabib Nurmagomedov, da Rússia, com quem o irlandês tinha uma rixa.

Conor chegou a lançar um carrinho de carga contra o veículo, quebrando uma janela e ferindo Michael Chiesa e Ray Borg com os estilhaços. No dia do atentado, McGregor não ia lutar, ele apenas apareceu para causar problemas.

Mais confusões de McGregor

Em agosto de 2016, o lutador de UFC e a equipe que o acompanha resolveram atacar o time de Nate Diaz, que ia lutar com ele no dia, com garrafas de água e latas de energético.

O ataque aconteceu porque Nate Diaz não quis esperar McGregor, que estava atrasado para a tradicional encarada do UFC.

O lutador também já roubou um cinturão. Num evento promocional do UFC, também em 2016, o irlandês ia lutar contra Eddie Alvarez, que era na ocasião o campeão dos pesos leves.

Conor simplesmente roubou o cinturão do adversário, o que desencadeou uma confusão logo antes da luta. Ambos só não se agrediram por serem impedidos pelos organizadores.

McGregor X José Aldo

O irlandês também arrumou confusão com um brasileiro em 2015. José Aldo lutou com Conor, que o provocou dizendo que Aldo parecia um "magrelo saído da favela".

O irlandês também já cometeu racismo. Em um programa de TV americano ele foi questionado sobre o filme "Rocky 3", então respondeu perguntando se era o filme onde os macacos dançavam na academia.

A referência de Conor foi a academia no filme onde apenas homens negros treinam. A entrevista foi dada antes do confronto com José Aldo.

O lutador também já teve de ser contido por seguranças do octógono depois de vencer uma luta e ir comemorar em cima do adversário derrotado, com um comportamento violento. Ele só parou quando os seguranças o contiveram.

Fotos com armas

O irlandês também já polemizou ao postar fotos onde posava com armas de alto calibre, ele chegou a ser investigado pela polícia irlandesa.

Conor também já foi repreendido por um pastor depois de se auto intitular como sendo um Deus. O pastor na ocasião disse que um raio iria cair na cabeça do lutador.

Siga a página ESports
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!