O artista de rua e grafiteiro brasileiro Eduardo Kobra anunciou através de suas redes sociais a lamentável notícia da morte de sua filha recém-nascida, Catarina. Ele e a esposa receberam apoio de fãs, familiares e Famosos. Ainda durante a gestação de Andressa Munin, os médicos já haviam feito o diagnóstico de uma má-formação. O quadro desencadeou uma megabexiga, condição extremamente rara que acomete uma a cada oito milhões de bebês do sexo feminino.

Demonstrando enorme saudade com a morte da filha, Kobra fez um texto emocionante publicado em seu perfil no Instagram. Nele, o artista deixa claro que, apesar da criança ter sido desacreditada pelos médicos, ele e a esposa jamais deixaram de acreditar em uma recuperação.

Ainda no texto, define o fato de Catarina ter sobrevivido por 10 horas como um milagre.

Eduardo Kobra lamenta a morte da filha

Em sua publicação feita nas redes sociais, o artista agradece a oportunidade de Catarina ter sobrevivido ao longo dos últimos sete meses no ventre da esposa Andressa Munin. Além disso, demonstra enorme saudade com a perda precoce, sem deixar de narrar a enorme fé e esperança que o casal carregou consigo ao longo deste tempo, crendo que a filha pudesse receber um milagre e sobreviver, apesar das adversidades.

Na sequência, uma verdadeira corrente do bem foi formada a partir dos internautas, os quais fizeram questão de prestar solidariedade para o casal. Familiares e amigos também se manifestaram.

Dentre os famosos, nomes como Iza, Tata Fersoza e Ana Hickmann [VIDEO] foram algumas das que deixaram suas condolências. "Po, mano velho, as melhores energias do mundo para vocês. Fiquem na paz", foram as palavras usadas pelo companheiro Felipe Andreoli.

Quadro clínico de Catarina

A gravidez de Andressa, anunciada em fevereiro do ano passado, transformou-se em preocupação, apesar do êxtase inicial da notícia de que o casal teria um bebê.

Os diagnósticos pré-natais constaram a rara condição existente em Catarina, deixando os pais cientes de que a menina poderia não sobreviver.

A fé acompanhou o casal desde então, e embora os diagnósticos fossem imprecisos diante da gravidade do problema, os pais sempre mantiveram a esperança de encontrar alguma alternativa que fosse capaz de dar forças para a filha a fim de que ela pudesse suportar o parto.

Artista agradece a saúde da esposa

Em seu depoimento, Eduardo Kobra fez questão de citar a companheira Andressa Munin. Carregando Catarina em seu ventre até o parto, ocorrido ao sétimo mês, a mulher suportou todas as adversidades decorrentes da gestação de risco. Na sequência, ele agradece pela saúde da esposa, apesar da tristeza inconsolável da morte da pequena.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!