A Rede Globo estava preparando um especial em comemoração aos quarenta anos de idade do ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. O especial mostraria os melhores momentos da carreira do jogador, mas devido a sua prisão no Paraguai esse especial foi suspenso.

Especial 'R40' contaria a história da vida do jogador

A Rede Globo chegou a anunciar que iria apresentar no programa dominical 'Domingo Espetacular' e na GloboPlay um especial sobre a vida e a carreira do famoso e talentoso ex- jogador de Futebol Ronaldinho Gaúcho, o especial se chamaria 'R40'. A apresentação do especial está suspensa até que a prisão do jogador seja esclarecida.

Até o momento a emissora acha que o mais correto seja mesmo resolver toda essa situação.

O documentário apresentaria vários depoimentos de jogadores e também do comentarista de futebol Galvão Bueno. Até o momento não foi comunicado quando o especial 'R40' irá ao ar.

Ronaldinho Gaúcho está preso no Paraguai

O jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho e seu irmão estão presos em Assunção no Paraguai. O motivo da prisão foi por portarem documentos falsos.

Ronaldinho foi ao Paraguai para participar de dois eventos, o lançamento de um livro e uma ação beneficente.

Quando Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto Assis estavam em um hotel foram detidos por estarem com alguns documentos falsos e eles não souberam explicar do que se tratava.

A polícia paraguaia recebeu uma denúncia e fez buscas no quarto do hotel onde Ronaldinho e seu irmão estavam hospedados.

Na sexta-feira dia seis a Polícia Nacional do Paraguaia ordenou a prisão preventiva do ex-jogador de futebol e seu irmão.

Em audiência que definiria a prisão ou não do ex-jogador e de seu irmão, a juíza Clara Ruíz Díaz determinou a continuidade da prisão dos irmãos.

Advogado de Ronaldinho diz que sua prisão é ilegal

Sergio Queiroz, advogado de Ronaldinho Gaúcho afirmou que a prisão do jogador é ilegal, pois, eles agiram de "boa fé" ao usarem os documentos sem saberem que eram falsos, pois ele e o irmão pretendiam montar negócios no Paraguai.

Os advogados disseram que as autoridades diplomáticas brasileiras estão sabendo de toda situação das irregularidades.

Prisão domiciliar de Ronaldinho foi negada

Os advogados de Ronaldinho e seu irmão Roberto Assis entraram com o pedido de prisão domiciliar, mas o Ministério Público negou o pedido, mesmo o ex-jogador e o seu irmão garantindo que não iriam fugir.

Pouco tempo depois o juiz Gustavo Amarilla negou o pedido dizendo que o motivo era de que eles fugir ou atrapalharem as investigações.

O Ministério Público apura também uma possível junção de também de lavagem de dinheiro.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!