Antonio Carlos Moreira Pires foi um dos músicos mais importantes da música popular brasileira e também foi o fundador do espetáculo que deu origem aos Novos Baianos, em 1968, grupo contava com vozes de Famosos conhecidos, como Baby do Brasil e Pepeu Gomes. Além disso, ele também chegou a publicar livros com poemas e cordéis. Morais Moreira começou tocando sanfona de doze baixos e depois violão, fazendo a alegria do povo em festas de São João.

O cantor e compositor faleceu nesta segunda por volta das 6h da manhã, em sua própria casa, no bairro da Gávea, Rio de Janeiro, quando, segundo a assessoria de imprensa, sofreu um infarto agudo do miocárdio.

A notícia de sua morte viralizou mas redes sociais e mídia, e também comoveu o público que sentiu muito com sua partida.

Moraes Moreira já gravou com o Grupo Novos Baianos

Mora3s Moreira gravou junto com o Grupo Novos Baianos discos consagrados como “Ferro na Boneca” e “Acabou chorare”. O cantor e compositor Antonio Carlos Moreira Pires também fez carreira solo. Tempos após de o grupo Novos Baianos se mudar para Jacarepaguá, e chegou ainda gravar alguns discos com eles, porém, seguiu carreira solo logo depois, sendo o primeiro cantor de trio elétrico brasileiro se juntando também ao trio do Dodô e Osmar, fazendo um enorme sucesso na época e gravando muitos discos.

Passado algum tempo, o cantor reúne novamente o Grupo Novos Baianos, e lança nono disco, recordando músicas de discos antigos, além de contar com algumas novas.

Moraes Moreira também publicou livros como “A História dos Novos Baianos e outros versos” com cordéis e histórias do grupo, e também o livro “Poeta não tem idade” homenageando diversos escritores e cantores como Machado de Assis, Gilberto Gil e entre outros.

Nos últimos tempos ele vinha se dedicando a trabalhos com o filho, a trabalhos solos e também shows e reuniões com o Grupo Novos Baianos, foram mais de 60 discos gravados em toda sua carreira e com tudo que trabalhou e desenvolveu.

Recentemente, ele fez declarações em seu Instagram a respeito da pandemia do novo coronavírus e do isolamento, alegando que tinha aderido a quarentena e que estava em sua casa passando seus dias cantando, tocando e produzindo seus cordéis.

O artista até chegou a publicar nas redes sociais um de seus cordéis que falava a respeito do novo coronavírus.

Ele ainda contou com a apreciação de quem o lesse e ainda desejou boa sorte para este momento tão delicado.