Felipe Prior, participante do BBB20, saiu do reality na última terça-feira após uma participação polêmica no programa. Mas a maior polêmica da vida dele começou a ganhar as manchetes de notícia nesta sexta-feira (03), após surgirem as informações de duas mulheres que estão acusando o rapaz de abuso e outra que o acusa de tentativa de abuso.

Mulheres acusam Felipe Prior que estupro

A revista Marie Claire foi quem divulgou uma reportagem contando os casos de abuso que o ex-BBB20 Felipe Prior teria cometido. Segundo a revista, existem documentos que comprovam a ação do rapaz, inclusive de uma das possíveis vítimas que diz ter tido o órgão sexual dilacerado.

A moça conta que tem um laudo médico da época do crime, quando após o abuso teve que ir a um hospital com a mãe e foi submetida a pontos no local. Todas as supostas vítimas possuem características em comum em suas versões. Elas estariam sob o efeito de álcool e os casos de abuso teriam ocorrido durante ou após as festas do InteFau, jogos estudantes.

Organização confirma acusação contra Felipe Prior

A organização responsável pelos jogos estudantis onde os caso teriam ocorrido, resolveu se manifestar a dar a sua versão sobre as acusações de abuso ocorridas durante os eventos nos anos de 2014, 2016 e 2018. Em nota publicada nas redes sociais, eles informaram que Felipe Antoniazzi Prior, que é ex-aluno da Universidade Mackenzie ficou proibido de entrar ou participar de qualquer atividade do InterFau a partir de outubro de 2018.

Segundo os mesmos, isso ocorreu devido a mais de uma denúncia recebida a respeito de assédios cometidos pelo mesmo e por uma acusação de crime sexual ocorrido durante a festa do ano de 2018. Eles informaram que a comissão da organização se reuniu em 21 de outubro daquele ano e na intenção de garantir a segurança e o bem estar dos estudantes nu evento, deliberaram pela expulsão permanente de Prior dos eventos a partir daquela data.

Organização repudia atos de Felipe Prior

Ainda na nota publicada, a organização responsável pela InterFau disse que a comissão dos jogos afirma que qualquer tipo de opressão é repudiada em seus eventos e que sempre trabalham a cada ano para que os estudantes que participam das atividades se sintam em segurança e que estejam resguardados pela Comissão Anti Opressão.

Vale lembrar que a assessoria de Felipe Prior nega que ele tenha cometido esses crimes, mas até o momento o ex-BBB não se pronunciou sobre as acusações.

Felipe Prior ficou muito falado durante essa semana, pois saiu com 56% dos votos em um paredão histórico na história do Big Brother Brasil. Ele recebeu a torcida de muitos jogadores de futebol, inclusive de Neymar, Gabigol e muitos outros. Até Eduardo Bolsonaro se pronunciou antes do resultado desejando boa sorte para que o rapaz continuasse no reality e que Manu Gavassi saísse.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!