De acordo com informações do site Notícias da TV, sem anunciar nada, a CNN Brasil promoveu uma verdadeira “dança das cadeiras” entre os apresentadores contratados por ela. Além disso, segundo o site em questão, um dos seus comentaristas, Caio Junqueira, chegou a ser promovido ao cargo de âncora no programa "Expresso CNN", que passará a apresentar ao lado de Monalisa Perrone.

É possível afirmar que a promoção de Caio está ligada ao destaque que ele conseguiu alcançar na emissora com as suas reportagens. Além disso, o comentarista acabou se destacando perante a direção, entre substitutos e plantonistas, o que fez com que ele conquistasse a sua vaga na bancada do programa em questão.

O novo âncora da CNN Brasil conseguiu começar a sua nova função na casa com o pé direito. A título de ilustração, é possível afirmar que a reportagem q respeito do depoimento prestado pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, ainda no dia 2 de maio, foi feita por ele.

Na ocasião destacada, Caio Junqueira conseguiu obter a transcrição de oito horas do encontro entre Moro e as autoridades competentes com exclusividade. Todo esse material acabou sendo usado em vários jornais exibidos pela CNN Brasil.

Segundo as informações do Notícias da TV, a promoção de Junqueira fez com que Carol Nogueira deixasse de ser a parceira de Monalista Perrone no "Expresso CNN".

Também devido aos fatos destacados ela acabou sendo remanejada para o "Jornal da CNN", cujo titular é William Waack.

Entretanto, ele está afastado das suas funções desde o mês de março devido à pandemia do novo coronavírus. Waack tem 67 anos de idade e, portanto, faz parte do grupo de risco da doença.

Mudança no comando do Jornal da CNN

Assim, atualmente quem estava comandando o "Jornal da CNN" é Daniel Adjuto, que veio da cidade de Brasília para São Paulo somente para ocupar o posto em questão.

Entretanto, segundo o site citado anteriormente, devido a algumas questões de natureza pessoal, Adjuto precisou retornar à capital do Brasil.

Esse retorno do jornalista à sua cidade, entretanto, fez com que ele se tornasse o protagonista de dois momentos bastante memoráveis da emissora em que trabalha. Daniel Adjuto foi o responsável por noticiar a possível substituição de Regina Duarte por Mário Farias na Secretaria Especial de Cultura.

Além disso, de acordo com o Notícias da TV, Daniel ainda foi o responsável por entrevistar a ex-atriz depois que os boatos de sua demissão começaram a circular por Brasília. A entrevista em questão foi considerada tão surreal que até mesmo os âncoras Daniela Lima e Reinaldo Gottino não conseguiram se conter e chegaram a rir durante a transmissão ao vivo da CNN Brasil.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!