O jornalista Leo Dias, do site Metrópoles, está fazendo uma série de entrevistas com personalidades públicas para que elas se pronunciem em relação à política. E a primeira entrevistada foi a atriz e youtuber Antonia Fontenelle. A atriz é muito presente nas redes sociais e não deixa de comentar sobre os acontecimentos de Brasília e também nos governos pelo Brasil. Ela é defensora ferrenha do governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

Gado

O termo é utilizado para denominar os apoiadores de Jair Bolsonaro que estariam “cegos” para as atitudes do mandatário. Termo este que Fontenelle recusava veementemente, mesmo ela deixando claro que torce muito e acredita no presidente.

Ela nega o rótulo dizendo que já discordou em várias ocasiões de Bolsonaro e que ainda o defende porque não lhe indicaram uma melhor alternativa. Ela afirma acreditar que irá demorar a aparecer uma opção melhor.

Antonia Fontenelle afirma que o atual presidente é uma pessoa que se importa com o povo e não tem “histórico de roubalheira”. Ainda durante a entrevista, ela diz que ele é o melhor que o povo brasileiro tem. Ela alega que seu ativismo não é a favor de Bolsonaro, mas sim a favor do Brasil. A celebridade disse ainda que respeita quem discorda dela e pede para que respeitem sua opinião.

Candidata

A artista de 47 anos afirmou que não tinha interesse por política até ser mãe pela segunda vez, e este interesse se reforçou após o nascimento de sua neta.

Muitas pessoas entendem que os comentários constantes que a atriz faz nas redes sociais sobre política seria uma preparação dela para vir candidata a algum cargo político.

Ela afirma que não é sua vontade, mas admite que esta seja sim uma possibilidade. Ela afirma que isto acabará se tornando uma necessidade, pois só desta maneira ela irá poder ajudar mais pessoas.

Mas esta não será uma decisão imediata e ela ainda precisa pensar muito sobre o tema.

Secretaria de Cultura

Antonia Fontenelle afirmou que o cargo anteriormente ocupado pela atriz Regina Duarte não seria uma opção para sua entrada na política, pois já havia declarado anteriormente que não se sente apta a assumir uma pasta técnica como a Secretaria de Cultura.

Para Fontenelle, Regina Duarte não precisava ter essa passagem em seu currículo. Ela classificou como vaidade a atitude da colega de profissão.

Perda de seguidores

Ao ser questionada se perdeu ou ganhou seguidores por defender Jair Bolsonaro, a youtuber afirmou que não se importa com isso e ainda criticou outras celebridades. Ela classificou muitos artistas como pedantes e os acusou de viverem em “panelinhas”. Segundo ela, os poucos que se salvam são seus amigos.

Sergio Moro

Na opinião da atriz, o ex-juiz da Operação Lava-Jato e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro errou quando saiu do governo da forma como saiu. Ela acredita que o ex-juiz não tem mais espaço na política. A imprensa também foi alvo das críticas de Fontenelle.

Ela acredita que a imprensa não dá folga para o presidente da República, que se não fosse por isso ele teria feito mais coisas. Ela complementa dizendo que, por enquanto, não vê nenhum candidato que possa ser páreo para Bolsonaro em 2022 e que, certamente, irão "fabricar algum".

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!