Mia Khalifa, atualmente digital influencer e comentarista esportiva, deu entrevista à BBC e mostrou que está decidida a refazer sua carreira e superar as dolorosas lembranças do curto período em que esteve na indústria dos filmes adultos.

A ex-atriz está decidida a contar uma nova história. Sua intenção agora é influenciar seus seguidores compartilhando conselhos e aprendizados, tomando como base as experiências negativas que teve em sua vida.

Ela tem postado vídeos na rede social TikTok em que interage com os fãs e tem se emocionado com o apoio que recebe de seus seguidores. Mia tenta contar sua história de maneira leve e divertida, divertindo seus seguidores com seus vídeos do dia a dia.

Origem

Mia Khalifa nasceu no Líbano e reside desde a infância nos Estados Unidos. A então recém-formada de 21 anos estava procurando emprego, quando foi abordada na rua por um homem que, impressionado com sua beleza, ofereceu-lhe um emprego como modelo.

Mas a real intenção dele era levar a jovem para a indústria de filmes adultos. Mia recebeu US$ 12 mil por seis vídeos e fez com que a empresa em que realizou os vídeos, a Bang Bros, e também um site de conteúdo adulto faturassem milhões.

Na entrevista que concedeu à BBC ela afirmou que é assim que as coisas funcionam neste meio e que não foi a única. Não que o problema fosse que ela tivesse sido enganada por um agente, ou que tivesse assinado um contrato ruim, ela afirmou que as coisas são assim na indústria de entretenimento adulto.

Ela relatou que o que a levou a esta indústria foi achar que ninguém ficaria sabendo. Mia afirmou que existem milhões de garotas que se filmam tendo relações sexuais e ninguém descobre suas identidades e então ela achou que pudesse fazer este tipo de produção, mas não foi bem sucedida em manter essa atividade em segredo.

Adrenalina

Mia disse que por causa da adrenalina não lembra exatamente como foram feitas as cenas que esteve presente. A ex-atriz de filmes adultos e atual influenciadora digital afirmou que sua adrenalina estava muito elevada porque sabia que estava fazendo algo que jamais imaginou que iria fazer um dia.

Hijab

Ela relatou que a situação saiu do controle por causa de um vídeo em especial, em que ela estava usando a vestimenta típica da doutrina islâmica. Mia então começou a ser ameaçada pelo Estado Islâmico e por causa disso, sua conta no Instagram foi hackeada, o que fez com que ela fosse banida da rede social. Ela somente pôde retornar à rede social um ano depois.

Mia Khalifa tentou se ver livre da indústria do entretenimento adulto, mas isto foi muito complicado, ela relatou que carrega até hoje traumas deste período. A influenciadora digital afirmou como este meio pode ser tóxico tanto com mulheres como também para homens, não importando a idade.

Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!