Renato Aragão, de 85 anos, saiu da Rede Globo após 44 anos de casa. Para divulgar a notícia, o comediante usou seu perfil oficial no Instagram, onde afirmou que irá começar uma “nova fase” na emissora carioca já que continuará fazendo “trabalhos pontuais”. Na rede social, o eterno Didi disse que diante de sua “grande parceria” com a Globo durante todas essas décadas o fizeram se acostumar a chamar a emissora de “minha casa”.

Contudo, o comediante diz que, diante de “novos tempos e políticas internas de contratação”, ele e a emissora carioca irão dar início a uma nova fase, onde seus trabalhos serão pontuais.

Renato Aragão diz ainda ter tanto em sua vida pessoal tanto na profissional “fluidez e o equilíbrio”. Mesmo após a publicação de Renato Aragão no Instagram, a Rede Globo ainda não se pronunciou sobre a saída do humorista da emissora.

Até o momento desta publicação, o post de Renato Aragão, que é seguido por 3,4 milhões de pessoas no Instagram, já ultrapassa 40 mil likes. Para o UOL, o comediante afirmou continuar trabalhando para a emissora, porém, agora sem contrato, o que lhe possibilitará fazer trabalhos em outras plataformas.

Renato Aragão encara nova fase como desafio

Ainda em sua publicação, Renato Aragão afirmou estar encarando está nova etapa como sendo um desafio. De acordo com artista, ele vai onde seu público espera que ele esteja e melhor ainda: “onde não esperam”.

Isso porque o comediante afirma sempre ter gostado de surpreender seus fãs e, por isso, nesta nova fase não seria diferente. Além disso, Aragão ainda revelou já estar com novas oportunidades de trabalhos, afirmando que “novos tempos estão prestes a iniciar”.

Humorista eternizou o personagem Didi

Em 1977, Renato Aragão eternizou o famoso personagem Didi, isso depois que o comediante levou o humorístico “Os Trapalhões” para a emissora carioca.

Antes disso, o programa havia sido transmitido por três anos na extinta TV Tupi. Na Globo, o programa ficou no ar por 18 anos e foi encerrado em 1995, após a morte de dois integrantes, Zacarias e Mussum.

Ainda na emissora, Renato Aragão comandou por 12 anos o programa “A Turma do Didi”, que ia ao ar todos os domingos.

Além disso, o humorista também foi um marco no projeto “Criança Esperança”. Em 2017, Renato Aragão realizou seu último trabalho na Globo, que foi nada mais nada menos de que uma tentativa de retorno dos “Trapalhões”, desta vez em um novo formato que contava ainda com a participação de Dedé Santana.

No programa, Didi e Dedé interagiam com Dedeco, interpretado por Bruno Gissoni, Didico, que era vivido por Lucas Veloso, Mussa, vivido por Mumuzinho, e Zaca, que era interpretado por Gui Santana, todos eles sobrinhos dos quatro personagens originais do humorístico.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!