Há algum tempo, a animação “Os Simpsons”, que está no ar desde 1989, acabou conquistando, principalmente na web, a fama de "vidente", visto que, em alguns momento, o desenho chegou a abordar temas que, mais tarde, acabaram acontecendo no mundo real. No entanto, algo semelhante parece ter acontecido com uma comédia brasileira agora.

A comédia “Auto Posto”, que faz parte do Comedy Central, também teve o seu momento "vidente" recentemente. Isso porque aparentemente a série antecipou o momento que vivemos atualmente no Brasil, em relação a pandemia da Covid-19.

A série fez um episódio que tratava do assunto quarentena, e que vai ao ar agora nesta terça-feira (28).

O isolamento social, que é adotado na série, ao invés da aflição que o mesmo tem causado no mundo real, certamente provocará mais risos entre o público que assistir.

Capítulo 'previu' quarentena no Brasil

No capítulo apontado como o momento de "vidência", uma infestação de ratos acontece no posto de gasolina de Nelson (Walter Breda) e faz com que Esdras (Lucas Frizo), que é o gerente puxa-saco, decrete quarentena e tranque uma boa parte dos funcionários da loja de conveniência dentro do local em questão, onde está acontecendo a infestação de ratos.

O isolamento adotado na ficção tem como motivo principal evitar que o dono do estabelecimento, que tem sua saúde abalada, acabe ficando pior.

A convivência forçada entre todos que ficam trancados no local e torna ainda mais agitada devido a algumaa questões que aparecem no meio do caminho, como um tijolo de maconha e uma sessão de terapia.

Em entrevista ao site Notícias da TV, o criador da série, Marcelo Botta, que dirigiu o capítulo em questão e assina o roteiro ao lado de Felipe Berlinck, chegou a comentar que o momento em que escreveu o episódio, em agosto de 2019, eles chegaram a pensar se era algo que daria para acreditar, as pessoas todas trancadas dentro de uma loja, e que para ele parecia uma situação absurda.

Dois momentos, no entanto, chamam mais a atenção de Botta a respeito do episódio em questão, já que agora a quarentena deixou de ser algo absurdo e passou a ser uma triste realidade na vida de todo os brasileiros.

Um destes momentos é quando Nelson decide discursar para a sua equipe a respeito do plano que será adotado para contenção dos ratos e, no momento em questão, ele tira a sua máscara do rosto para falar, uma cena que tem sido muito comum durante a pandemia da Covid-19 no Brasil.

A respeito do momento em questão, o escritor conta que na época o ator Walter Breda chegou a questioná-lo se no momento do discurso ele tiraria a máscara ou se colocava ela no queixo. Botta, no entanto, destacou que não pensava que agora, meses após o momento em que o episódio foi gravado, que isso seria uma grande realidade no país.

O outro momento seria quando alguns dos funcionários começam a fugir da loja de conveniência, abandonando a quarentena.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!