A atriz de filmes adultos Luane Honório de Souza Rios, de 28 anos, mais conhecida pelo nome artístico Aline Rios, foi esfaqueada por uma amiga com quem dividia casa em Nilópolis, no Rio de Janeiro, e hospitalizada em seguida. Após três longos meses de internação em um hospital de Duque de Caxias, a atriz faleceu.

Suspeita

Segundo informações da equipe responsável pelas investigações, a amiga é a principal suspeita de ter cometido as agressões que levaram Aline à morte. José de Moraes Ferreira, o delegado responsável pelo caso, afirmou que a suspeita é dependente química. Já identificada, ela será indiciada pelo crime de homicídio.

A amiga de Aline prestou depoimentos e já tem uma passagem na Polícia em uma ocorrência anterior, quando se envolveu em uma briga.

O nome da suspeita não foi revelado pelas autoridades e José acredita que, quando ela esfaqueou a amiga, estava sob o efeito de drogas. Como o caso não teve flagrante e não foi expedido um mandado de prisão, a suspeita segue em liberdade, porém o delegado afirma que o mandato será expedido nos próximos dias.

Morte

Após ser agredida com uma faca, Aline foi encaminhada ao Hospital Adão Pereira Nunes, onde apresentou perfurações na região cervical e perfuração sugestiva nas vias aéreas. Como a atriz deu entrada na unidade em estado bastante grave, ela foi imediatamente internada em um Centro de Terapia Intensiva (CTI), porém não resistiu e teve o óbito declarado no dia 1º deste mês de setembro.

Aline foi enterrada em um cemitério na nona norte do Rio de Janeiro.

Carreira

Aline Rios iniciou no mercado de filmes adultos no ano de 2006, ao participar do reality show "A Casa das Brasileirinhas".

Já no primeiro ano de carreira, a atriz venceu o prêmio Sexy Hot, na categoria de revelação hétero, além da indicação de prêmios em categorias relacionadas a outros filmes.

Despedida e homenagens

A atriz recebeu mensagens e homenagens nas redes sociais. Amigos e seguidores de Aline prestaram solidariedade e lamentaram profundamente a morte causada por "violência doméstica", intitulada desta forma por eles.

O delegado responsável pelas investigações explicou que o crime não se enquadra nesta classificação, pois ambas não tinham um relacionamento amoroso ou vínculo afetivo necessários para que o crime fosse intitulado desta forma.

Uma das postagens realizadas diz que a atriz estava em coma desde o mês de maio. Uma amiga que comentou a postagem agradeceu pelo trabalho realizado na indústria de filmes adultos e pelo que Aline significou para ela. Ela ainda deseja que a atriz tenha uma boa passagem e que os corações dos admiradores se voltem em orações.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!