A apresentadora Xuxa Meneghel reuniu um time de Famosos para uma campanha contra a zoofilia. Entre as celebridades estão os atores globais Paulo Gustavo, Paolla Oliveira, Camila Pitanga, Carolina Dieckmann, além das apresentadoras Angélica e Ana Maria Braga. Também fazem parte da lista a defensora dos direitos dos animais Luiza Mell e a cantora Rita Lee.

Talvez o nome mais inusitado desta lista seja o do apresentador Ratinho, do SBT, que tem um posicionamento político parecido com o de Sikêra Jr.

Ainda faz parte da convocação da eterna Rainha dos Baixinhos o deputado estadual Bruno Lima (PSL-SP).

Xuxa também conta com o apoio de seu namorado, Junno Andrade, e também da filha, Sasha Meneghel.

Xuxa publicou vídeos nas redes sociais em que o heterogêneo grupo dizia a frase: "Zoofilia é crime, não é piada".

A motivação de Xuxa para iniciar a campanha foi porque o apresentador do "Alerta Nacional", da RedeTV!, mostrou em seu programa uma cena em que aparecia um abuso animal e riu da situação.

Em um dos vídeos, Xuxa aparece dizendo: "Não existe sexo com animais. Não existe sexo com crianças. Isso é estupro".

Artigo 287

Xuxa cita no v[ideo o artigo 287 do Código Penal, segundo o qual fazer apologia pública de ato criminoso ou de autor do crime pode resultar em detenção de três a seis meses, ou ainda multa.

"Até quando vamos achar que isso é normal? Até quando vamos achar que estupro é natural? Até quando vamos deixar as pessoas rirem de um estupro?", questiona a apresentadora.

Sikêra Jr

O polêmico apresentador não se sentiu intimidado e, além de voltar a atacar Xuxa, também criticou as personalidades públicas que apoiaram Xuxa Meneghel.

Ele voltou a associar Xuxa com a pedofilia, por ela ter escrito um livro infantil que narra a vida de uma garota que tem duas mães.

Por ter associado a obra literária com pedofilia, Sikêra Jr foi denunciado ao MP-SP (Ministério Público de São Paulo) por LGBTfobia.

O apresentador fez um chamado ao que ele chamou de "famílias do bem" e informou que irá lançar a campanha #PedofiliaNãoPrescreve.

O apresentador acusou os participantes da campanha de Xuxa de só estarem preocupadas com "o negócio do cavalo" para que o povo esqueça da situação.

Ele afirmou que seu programa é contra zoofilia, pedofilia, criogenia, "pestefilia", entre outras coisas.

Team Sikêra Jr

Sikêra Jr pediu que artistas se juntassem à sua campanha para que tenha mais adeptos que a campanha promovida pela mãe de Sasha Meneghel.

A denúncia contra Sikêra Jr não partiu de Xuxa. O ativista dos direitos da comunidade LGBTQI+, Agrino Magalhães, foi quem denunciou o apresentador ao MP-SP por associar o livro de Xuxa à pedofilia.

Esta não é a primeira vez que o ativista entra na Justiça contra o apresentador por causas dos recorrentes ataques que Sikêra Jr.

faz à população LGBTQI+.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!