A rádio Jovem Pan anunciou na última quarta-feira (4) que o comunicador Rodrigo Constantino não pertence mais ao time de comentaristas da rádio. As informações são do portal UOL.

Polêmica

A demissão de Constantino foi motivada pelos seus comentários sobre o polêmico caso envolvendo a influenciadora Mariana Ferrer. Rodrigo Constantino foi muito criticado nas redes sociais por suas opiniões.

A nota da Jovem Pan que comunicava a demissão de Rodrigo afirmava que não se deve responsabilizar a vítima pelos atos de quem a agride.

O comunicado da rádio ressaltou que as declarações de Constantino foram dadas fora das plataformas da Pan.

Ainda foi declarado na nota que o Grupo Jovem Pan desaprovou todas as declarações sobre o tema que foram dadas nos canais de Constantino, além das opiniões dele feitas em uma live em seu próprio canal no YouTube.

A nota acrescentou que o grupo de comunicação respeita a independência das opiniões de seus comentaristas, mas suas opiniões não representam a opinião do Grupo Jovem Pan. A nota que finalizou dizendo que o resultado das declarações de Rodrigo Constantino fizeram com que ele fosse demitido na tarde de quarta-feira (4).

Pressão

O agora ex-Jovem Pan foi ao seu Twitter e declarou que a rádio não suportou a pressão exercida pelo público, negou ter feito apologia ao abuso e ele alegou que sua fala foi distorcida.

Primeiramente, ele agradeceu o apoio da rádio, mas depois que a emissora soltou a nota comunicando a sua demissão, Constantino atacou a emissora, entre outras coisas ele disse que quem assistiu a sua live sabe que ele não estava falando do caso Mari Ferrer.

O que ele disse

Em uma live em seu canal do YouTube, Rodrigo Constantino afirmou que não faria uma denúncia se sua filha fosse abusada bêbada.

O comentarista falou na manhã da quarta-feira (4) sobre a absolvição de André de Camargo Aranha, o empresário acusado de ter abusado de Mariana Ferrer em 2018.

Record

Depois de ser demitido da Jovem Pan, as redes sociais começaram a fazer campanha para que a Record TV também o demitisse. Rodrigo participa de alguns programas da emissora e também escreve artigos no portal R7.

Até o momento da publicação da matéria no UOL, a Record não comentou se iria tomar a mesma atitude da Jovem Pan.

Anitta

A cantora também comentou as declarações de Rodrigo Constantino. Seu comentário foi cheio de ironia e também imaginou uma situação em que Rodrigo fosse abusado. Anitta apagou o comentário depois.

Antípoda

Com mais elegância que a cantora carioca, porém com o mesmo tom revoltado, a jornalista Vera Magalhães também comentou as declarações de Constantino.

Ela disse se sentir orgulhosa de Constantino ter a escolhido como sua antípoda, ou seja, seu oposto. "Ser o oposto dele é tranquilizador", declarou a jornalista.

Ala bolsonarista

Se as declarações de Constantino revoltaram muitas pessoas, alguns simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não viram nada de mais nas declarações sobre o abuso, como foi o caso da deputada federal Bia Kicis (PSL-RJ).

Para a aliada do presidente, quem perdeu com a saída do comentarista foi a própria Jovem Pan. Rodrigo Constantino agradeceu o apoio.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!