O cantor, compositor e sanfoneiro Genival Lacerda morreu aos 89 anos por complicações causadas pela Covid-19, na quinta-feira (7), no Recife. João Lacerda, filho do artista, confirmou a informação.

Genival Lacerda foi internado no dia 30 de novembro do ano passado, no hospital Unimed I, localizado na Ilha do Leite, área central da capital de Pernambuco. Vítima da Covid-19, o artista foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Lacerda teve uma piora em seu quadro de saúde no dia 4 de janeiro, de acordo com o boletim divulgado pela família. Dois dias depois, a família do músico iniciou uma campanha de doação de sangue para ele.

AVC

No dia 26 de maio de 2020, Genival sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) e foi levado para o hospital D'ávila, zona oeste do Recife. Ele se recuperou e recebeu alta três dias depois.

Carreira

Genival Lacerda foi um dos maiores nomes do forró. A irreverência foi uma das marcas do artista, fazendo com que ele se tornasse um ídolo em todo o Brasil. Em seus 64 anos de carreira, ele se tornou um símbolo da cultura do Nordeste.

Genival nasceu no dia 5 de abril de 1931, em Campina Grande, Paraíba. Ele chegou a atuar na cidade como radialista, mas sua primeira gravação como cantor aconteceu no Recife, cidade em que foi morar em 1953.

Seu primeiro disco foi gravado em 1956, um compacto duplo em que uma das músicas era o xaxado "Dance o xaxado", de Genival Lacerda e Manoel Avelino.

Jornada dupla

Nesta fase, o artista ficou conhecido no Nordeste tanto como cantor como radialista na capital pernambucana.

Em 1964 ele se muda para o Rio de Janeiro. Ele fica consagrado no país inteiro com a canção "Severina Xique Xique", lançada em 1975. O refrão da Música, "Ele tá de olho é na botique dela", se tornou sua marca registrada.

Seu Vavá

Logo a seguir Genival emplacou "Radinho de pilha", "De quem é esse jegue" e "Mate o véio", músicas que solidificaram seu estilo bem-humorado.

Ele também era conhecido como "Seu Vavá".

Genival Lacerda morou no Rio de Janeiro quando o forró estava no auge da popularidade na região Sudeste e conviveu com outros grandes artistas do estilo musical como Luiz Gonzaga e Dominguinhos.

Genival ainda interagiu com outro ícone do estilo, Jackson do Pandeiro, mesmo sendo bem mais jovem que Jackson.

Na década de 1990, Seu Vavá retorna para o Recife.

Ainda que nos últimos anos o artista não tenha tido mais sucessos, ele continuou fazendo muitos shows e manteve o reconhecimento do povo. Seu último disco "Brasil Popular" foi gravado em 2015.

Michel Temer

No fim de 2017, Genival foi laureado no Palácio do Planalto com a medalha da Ordem do Mérito Cultural (OMC) concedida pelo governo federal.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!