No inverno, o principal assunto ligado à saúde é a rinite, bronquite e sinusite. Elas têm sintomas comuns como nariz escorrendo, coceira no olho e dificuldade de #Respirar. Portanto, com o tempo seco do inverno costumam se agravar. Então, vamos entender um pouco de cada uma:

Rinite

A poeira é sinal de que a rinite vai atacar. Afinal, você sabe o que é a rinite? A rinite é uma #infecção ou alergia. Quando se respira fumaça, mofo, poeira ou pelo de animal, o corpo produz uma substância que inflama as vias aéreas formando uma barreira para os pulmões. Daí vem aquela coceira na garganta e no nariz, coriza, dor de cabeça e a sensação de cansaço.

Publicidade
Publicidade

O tratamento vai depender da causa. Então, o melhor é procurar um médico otorrinolaringologista ou alergista.

Bronquite

A inflamação dos brônquios provoca acúmulo de secreção que dificulta a respiração, ou seja, os brônquios ficam apertados e o ar não passa direito para os pulmões. A bronquite pode ser aguda ou crônica, e o tabagismo é o maior vilão.

Os sintomas frequentes são: tosse, chiado no peito e falta de ar. Quem fuma deve abandonar o cigarro e seguir as orientações de um médico pneumologista.

Sinusite

Doença infecciosa que pode ser causada por vírus ou bactérias que estão no ar, você respira e a infecção atinge a testa. A sinusite pode ser aguda ou crônica.

Os sintomas são dor de cabeça, tontura, coriza, catarro esverdeado e febre. Deve ser tratada por um médico otorrino, pois em alguns casos, uma cirurgia para limpar os seios nasais deve ser indicada.

Publicidade

A infecção pode se espalhar na região do crânio podendo causar meningite.

O melhor é evitar com atitudes simples, como inalar vapor três vezes por dia e deixar a cama em local de alcance do sol. Infelizmente, os bichos de pelúcia são grandes vilões e o melhor é eliminar.

Se possível, compre um umidificador, mas é indicado trocar a água ao menos três vezes por dia. No caso de gostar de tapetes e cortinas, é melhor retirá-los, pois acumulam muita poeira. Mantenha a casa arejada e muito limpa, capas que protegem contra ácaros para travesseiros também são grandes aliadas.

Não se esqueça de tomar muita água para dissolver o muco, o que ajuda a diminuir a sensação de sufocamento. O inalador não deve ser usado sem prescrição médica. O uso errado do inalador com remédios pode causar um agravamento para doença e não uma ajuda para aliviar os sintomas.

Também não deve ser feito uso de descongestionantes nasais. Se usados por muitos dias, podem piorar a congestão nasal. Em qualquer caso, sempre procurar um médico. #cigarro