Moradores de várias regiões do Peru, incluindo da capital do país, Lima, testemunharam um aparente objeto voador não identificado (ovni/UFO), de cor alaranjada, se movendo lentamente sobre a área do antigo povo Inca, na última sexta-feira (11).

Segundo informações do periódico britânico Daily Mirror, habitantes disseram estar mistificados com o avistamento da enigmática estrutura, que muitos acreditam ser guiada por alienígenas.

O vídeo, de 39 segundos de duração, que mostra uma pequena esfera seguindo o trajeto da esquerda à direta (da tela), num dia nublado, foi exibido por uma emissora local.

Além de ser observado em Lima e nos municípios ao redor da capital peruana, a 'nave' também foi notada perto da floresta amazônica, onde residentes afirmaram terem visto o insólito ovni.

Publicidade
Publicidade

Embora os peruanos conjecturam a possibilidade do UFO ser uma nave espacial guiada por alguma entidade extraplanetária, a jornalista Suz Elvey (Mirror), fomenta uma hipótese mais ‘mundana’ para explicar a procedência da ‘espaçonave’.

Segundo ela, a ideia da esfera ser um balão de alta altitude, produzido pelo projeto Loon, da gigante tecnológica Google, que faz uso desse material para fornecer #Internet às pessoas que vivem em áreas isoladas e rurais, não deve ser descartada.

“Os balões flutuam na estratosfera cerca de 18 km, 11 milhas, acima da superfície da Terra e contêm luzes”, avalia a periodista.

Entretanto, devido ao natural misticismo da crença peruana, lar da civilização Inca e país sede de locais históricos, habitantes apostam na chance do Peru ser visitado por civilizações de outras partes do universo.

Publicidade

A hipótese dos nativos sul-americanos é reforçada pelos misteriosos pontos históricos, como a mítica cidade de Machu Picchu, construída no século XV, num território íngreme a 2400 metros de altitude, no topo de uma montanha.

Outro local de grande interesse por parte dos ufólogos é o deserto de Nazca, no sul do Peru. Considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO desde 1994, pesquisadores avaliam que os diversos desenhos, chamados de “Linhas de Nazca”, que só podem ser compreendidos do alto, foram elaborados para serem vistos pelos et´s.

Até o momento, a Google não confirmou ser a proprietária da ‘esfera’. A incógnita permanece.

#Curiosidades #Viral