Há trinta anos, no dia 12 de julho de 1986, a banda inglesa Queen fazia a maior e última apresentação de sua história. Os quatro rapazes, Freddie Mercury (vocal e piano), Brian May (guitarra e vocal),John Deacon (baixo) e Roger Taylor (bateria e vocal) entravam no palco para mostrar seu mais recente álbum, lançado no mês anterior, "A Kind of Magic". Segundo os fãs esse foi o maior show do grupo inglês, que cantou com sua formação original no estádio de Wembley, na Inglaterra. Antes deles, somente os Beatles e Rolling Stones haviam tocado por dois dias no 'notável' estádio.

Os DVDs e CDs da extinta banda são procurados como verdadeiras relíquias para os colecionadores.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Bruno Cavalcante Oliveira, que administra o site e as páginas sociais do fã clube Queen Net, eles eram únicos e conseguiram criar um formato novo para cada show, cada apresentação era um espetáculo grandioso e levava os fãs à loucura. Paralelo a  isso, o grupo criou uma iluminação própria para cada #Música e o palco era o maior de todos para um show, com equipamentos de mais de 10 toneladas.

A banda estava em um de seus melhores momentos e Freddie Mercury mostrou sua performance no palco, com sua voz inconfundível cantando "Under Pressure", "I Want to Break Free", "Tutti Frutti" e muitos outros sucessos.

Esse show foi cheio de curiosidades, conta-se que inicialmente estava programado só para o dia 12 de julho, mas os ingressos esgotaram rápido e os fãs recusavam-se a deixar o local das vendas, desse modo viram-se obrigados a fazer mais um show no dia seguinte.

Publicidade

Cerca de 200 mil pessoas cantaram as músicas da banda Queen com um som de mais de 500 mil watts de potência - foi o maior público já visto na Europa.

Depois desse grande espetáculo ouviram-se rumores de separação do grupo, que não foram confirmado. Eles ainda se apresentaram em Knebworth Park, Inglaterra, e depois se dedicaram apenas a mais dois álbuns em estúdio, "The Miracle" em 1989 e "Innuendo" em 1991, ano em que o vocalista da banda morreu de AIDS, em Londres, em 24 de novembro. #Televisão #Rock in Rio