Publicidade
Publicidade

#Game of Thrones está com tudo. A sétima temporada caminha para os momentos mais esperados da série: a tomada do trono de #Daenerys Targaryen e o foco para a guerra com os mortos. O terceiro episódio dessa temporada, intitulado como "The Queen's Justice [VIDEO]", teve momentos ápices, diálogos incríveis e a crueldade tipica de Game Of Thrones. Se você assistiu ao episódio, sabe bem do que estou falando.

Separamos cinco detalhes importantes desse episódio, detalhes esses que são de extrema importância para os arcos construídos e também para o que está por vir. Acompanhe conosco os cincos detalhes mais importantes do "The Queen's Justice [VIDEO]".

Publicidade

1 - O título do episódio "The Queen's Justice" não serve apenas para a Cersei

Após o fim do segundo episódio, quando Euron levou Ellaria Sand e uma das Serpentes de Areias vivas como prisioneiras, já foi de certeza que esse seria o presente prometido para Cersei. O próximo episódio, após esse ser chamado de "The Queen's Justice", deixou óbvio o que iria acontecer. Cersei iria se vingar pela morte de sua filha Myrcella, assassinada por Ellaria. E isso que aconteceu, de uma forma extremamente cruel, Cersei "iniciou sua vingança".

Por outro lado, Jaime invade Jardim de Cima e elimina uma das aliadas de Daenerys, Olenna Tyrell. Porém, talvez poucos devem saber, mas Olenna é conhecida como a Rainha dos Espinhos. E a cena entre ela e Jaime provou isso. Ela, após garantir sua morte em paz e sem dor - tomando o veneno há poucos segundos, revela que matou Joffrey com um veneno doloroso e que Jaime se certifica de que Cersei soubesse disso.

Publicidade

Deixando Cersei impotente para se vingar dela e causando mais ódio, pelo fato de saber que Olenna teve uma morte tranquila. Isso pode ser considerado também a justiça da Rainha dos Espinhos, por Margaery e Loras, que morreram Westeros por culpa de Cersei.

2 - O encontro entre Sansa e Bran

Starks se reencontrando na série é uma coisa rara e nesse episódio Bran chega em Winterfell, encontrando Sansa. O que poucos esperavam é que o encontro não seria emocionante, pelo menos pelo lado de Bran. Sansa quase não reconhece seu irmão, agora ele é O Corvo de Três Olhos, mas ela não consegue compreender muito. Até um ponto que fica tocada com sua frieza, quando diz a ela sobre seu casamento, que foram momentos extremamente difíceis para ela. Certamente, ser O Corvo de Três Olhos deixou o Bran desprovido de sentimentos.

O pouco de conversa que teve, Bran falou que queria conversar com #Jon Snow. O que indica que ele vai contar a sua real origem, porém não é de certeza ainda se Bran sabia que aquele bebê era o Jon.

Publicidade

A conversa também pode ser sobre o Rei da Noite.

3 - Jorah voltando para Daenerys

Alguns ser perguntam da utilidade de Jorah na série. Jorah Mormont é um bom estrategista e, nessa altura do campeonato, Daenerys está perdendo a guerra. Além disso, ele é um melhor conselheiro do que Tyrion, lembrando que Jorah estava com Daenerys desde o começo.

Não foi coincidência Sam tratar Jorah de sua doença. Jorah ouviu de Sam a mesma história que Daenerys ouviu de Jon, ele pode convencê-la que os White Walkers estão vindo.

4 - Sam e a sua tarefa de copiar os documentos que estão apodrecendo

Alguns fãs especularam que, na Cidadela, teria documentos sobre Jon Snow ser Targaryen, mas isso era estranho, pois se estava lá, como que ninguém leu e descobriu isso? Nesse terceiro episódio, vimos que Sam foi obrigado a passar a limpo vários documentos que, segundo o Arquimeistre, estavam apodrecendo. Logo, se estava apodrecendo, ninguém mexia nem lia aqueles documentos. A aposta é que Sam descubra em algum documento sobre Jon. Não faria muito sentido ele ganhar um trabalho do nada, pode ter alguma coisa a mais.

A segunda questão é como a pessoa que escreveu sabia que era Targaryen. Quando Rhaegar estava com Lyanna na Torre da Alegria e os dois se casaram, ele pediu para enviar um documento para Cidadela para oficializar o casamento, o que torna Jon um Targaryen legítimo.

5 - A terceira traição

"Três fogueiras têm de acender, uma pela vida, uma pela morte e uma pelo amor. Três montarias têm de montar, uma para o sexo, uma para o terror e uma para o amor. Três traições conhecerá, uma vez por sangue, uma vez por outro e uma vez por amor." Isso foi dito na Casa dos Imortais, onde Daenerys teve a visão de Khal Drogo e seu filho não nascido. Duas das três profecias já se cumpriram, a primeira traição por amor foi de Jorah. A traição por ouro foi de um dos senhores dos escravos que queria se casar com ela, quando ela rejeitou foi entregue para os outros feitores...

Falta a terceira traição, por sangue. Daenerys está em desvantagem na guerra, pode ser que esteja sendo traída.

E você, o que acha?