Publicidade
Publicidade

Os amigos estão se reunindo em redor de #Sinead O'Connor, depois que ela lançou um vídeo chocante em seu #Facebook. A cantora, de 50 anos, apareceu completamente arrasada no clipe, e admitiu ser uma #suicida em potencial. A artista de 'Nothing Compares To You' falou ainda que está vivendo em um motel, em Nova Jersey, revelando, pela primeira vez, que ela está passando por sérias dificuldades. Os amigos dizem que "ela está segura" e rodeada por todos, garantindo que ela não vai cometer nenhuma loucura. [VIDEO]

Não é a primeira vez que Sinead O'Connor preocupa seus fãs com um possível suicídio. Há vários anos a cantora dá mostras de não estar bem psicologicamente, e todos os receios retornaram com esse vídeo preocupante que ela compartilhou, em lágrimas.

Publicidade

É uma imagem de desespero que a cantora deixa passar nesse clipe de 12 minutos. "Estou sozinha e não existe absolutamente ninguém na minha vida, exceto meu médico, meu psiquiatra - o homem mais doce da terra, que diz que eu sou 'seu herói' - e isso é a única coisa que me mantém viva no momento", disse esta mãe de quatro filhos, deixando pairar a possibilidade de sua vida estar por um fio.

Sinead revelou estar doente e que todas as pessoas a abandonaram, especialmente aquelas que "deveriam estar mais próximas", dizendo que são essas que a tratam mal. Palavras muito duras de uma cantora, que fez enorme sucesso no passado, com sua voz única. Perturbada, a cantora irlandesa explicou que estava fazendo esse vídeo para explicar para todos os milhões de pessoas doentes que também ela "está lutando contra uma doença mental".

Publicidade

A artista já havia falado sobre sua doença, no passado. Ela foi diagnosticada com transtorno bipolar há mais de uma década e lutou com a depressão e estresse pós-traumático durante anos. Ela disse a Oprah Winfrey, em 2007, que antes de seu diagnóstico bipolar, ela tinha lutado com pensamentos de suicídio. Por essa altura, ela falava que a medicação a ajudou a encontrar mais equilíbrio, mas que tudo isso era "um trabalho em progresso".

Mais tarde, em 2011, ela falou que seu diagnóstico de bipolar estava errado. Em maio do ano passado, a polícia andou procurando por ela, quando ela não conseguiu retornar a casa de um passeio de bicicleta em Chicago. Ela foi encontrada no mesmo dia, quando as pessoas já suspeitavam sobre um possível suicídio.

Em junho, ela postou no Facebook que ela havia sido detida em um hospital para avaliação de sua saúde mental.

Entretanto, alguns amigos, já responderam a esse vídeo preocupante que ela compartilhou agora em agosto. "Olá a todos, estou postando, para que todos os que a amam saibam que ela está segura e ela não é suicida. Ela está cercada de amor e recebendo os melhores cuidados", escreveu um amigo na página da cantora.