Wesley, codinome 'Safadão' tem dado o que falar nos últimos meses. Um dos artistas mais bem pagos e bem sucedidos da atualidade no Brasil, Wesley acabou sendo 'personagem' de uma teoria bizarra e quase sinistra.

Opublicitário Hilan Diener, que diz ser um fã do cantor, decidiu publicar em seu Facebook a 'notícia' na última segunda-feira, 4. Hilan contou que gostou da criatividade sobre a morte dePaul Mccartney e pensou que seria divertido fazer o mesmo com o seu ídolo. Ele inventou uma história de que Wesley teria falecido em um acidente de carro e que teria sidosubstituído bizarramente pelo também cantorNathan Alves, da banda 'Safadões do Forró'.

O melhor é que o publicitário realmente é muito criativo e sua história seria digna daqueles vídeos conspiratórios e 'forçados' que rolam no Youtube sobre artistas que passaram por controle mental para se tornar um iluminati.

Segundo o autor da notícia, Nathan seria o sósia de Wesley sem que ninguém soubesse e não podia contar a verdade, pois sofria ameaças. Para comprovar sua 'teoria', fez uma montagem com fotos de Wesley, separando entre o cantor que seria verdadeiro e o falso. Também colocou links de notícias que davam 'credibilidade' para sua teoria.

O problema é que nem todo mundo levou a história na brincadeira.

O fato começou a ser noticiado por alguns sites e então Hilan deixou claro que tudo não passou de uma brincadeira. O cantor está muito bem e a teoria de substituição não passa de uma invenção. Mas teve muita gente que acreditou (e vai continuar acreditando).

Veja a publicação original:

Fato esclarecido... só que não!

Embora a maior parte das pessoas que leram a publicação ou notícias sobre o assunto tenham entendidoprontamente que se tratava de um boato, também teve muitas que levaram a sério e começaram a se lamentar pela internet.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades

Houve pessoasque pagaram mico e foram ainda mais longe: fizeramsensacionalismo na internet para conseguir cliques, com isso, sites conhecidos tiveram conhecimento do assunto e propagaram ainda mais a 'teoria'. Por mais que partedesses sitescontassem a verdade no final da publicação, não deixavam de comoverpessoas que nãocostumam ler o conteúdo que compartilham ou comentam.

Se pesquisar pelo nome de Wesley ou palavras relacionadas à ele nas redes sociais, verá várias 'notícias' falando dabrincadeira.

O melhor das notícias publicadas são os comentários dos internautas.

Veja algumas das publicações:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo