Pelos menos seis crianças morreram queimadas em uma creche na cidade de Janaúba, localizada ao norte de Minas Gerais. De acordo com informações da prefeitura da cidade, um funcionário da própria escola colocou fogo no próprio corpo e nos corpos das crianças.

Os bombeiros informaram que existem vários feridos no local do ocorrido. Equipes do Samu e da Polícia Militar estão trabalhando na ocorrência, que ainda está em andamento. Ainda está sendo feito o levantamento quanto ao número de vítimas. As informações que chegam ainda não são precisas e estão desencontradas, no entanto, tudo indica que o número de mortos possa ser ainda maior.

Vale ressaltar que o município de Janaúba está localizado a 547 km da capital mineira, cidade que conta com pouco mais de 70 mil habitantes. Moradores da cidade, ainda abalados com a ocorrência, afirmaram nunca terem visto algo tão cruel envolvendo tantas crianças como tal tragédia.

Até o momento, a polícia não soube divulgar as verdadeiras causas pelas quais o homem, que seria guarda da creche, teria praticado tal barbaridade. Familiares e funcionários do Centro Municipal de Educação Infantil "Gente Inocente" estão horrorizados com o acontecimento.

Resgate das vítimas

A equipe do Samu precisou utilizar as duas unidades da cidade para fazer o atendimento às vítimas. Unidades pertencentes a outras cinco cidades do norte do estado também tiveram que ser acionadas para auxiliar no socorro às vítimas. Vários agentes da Polícia Militar foram enviados ao local da ocorrência, mas não há informações de que o incêndio tenha sido realmente provocado por um ato criminoso.

Além das mortes, informações indicam que, pelo menos, dez crianças ficaram feridas na ocasião.

A equipe do Corpo de Bombeiros afirmou que recebeu o chamado de incêndio por volta das 09h40 da manhã desta quinta-feira (5). Os agentes ainda afirmaram que, por se tratar de uma ocorrência grave dentro de uma creche, o chamado foi atendido o mais depressa possível, pois já tinham conhecimento de que precisariam de toda a equipe presente e de todas as viaturas para realizarem os trabalhos de atendimento às vítimas.

Os bombeiros não divulgaram o número exato de militares empenhados no socorro, porém adiantaram que seis carros da corporação foram destinados ao local.

Todas as crianças vítimas da tragédia foram encaminhadas ao Hospital Regional de Janaúba.

Assista ao vídeo:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo