Anúncio
Anúncio

A médica Larissa Andressa Medeiros [VIDEO] nasceu em Santa Catarina e morreu aos 40 anos, em Curitiba, capital do Paraná, depois de perder a luta contra o câncer de mama. Poucos dias antes de morrer, Larissa [VIDEO] escreveu uma carta emocionante com conselhos e reflexões que as devem seguir para viver bem.

Natural da cidade de Lages, Larissa era casada e trabalha no hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ela atuava na área de hematologia e tinha destaque na atuação de transplante de medula óssea.

A carta

Larissa Medeiros começa a carta com a mensagem "querida família". Ela diz que andava mais reflexiva e ausente e afirma que os dias tinham sido difíceis. Larissa afirma que pensou na morte, mas percebeu sua incoerência após assistir um documentário e perceber que a morte é a coisa mais certa na vida de qualquer pessoa.

Advertisement

Ela afirma que pediu a Deus uma segunda chance.

Em seguida, ela escreve que vai fazer alguns pedidos e que tinha apenas 10% de chance de cura. Depois, ela mostra confiança ao afirmar que quer e que vai vencer com a ajuda de Deus. A médica toca em ponto interessante: a vida financeira.

Ela afirma que ter 1, 2, 5 ou 20 milhões em um banco ou ter bilhete de viagem, poder ir a restaurantes caros, são coisas de que ela não poderia usufruir por conta do momento delicado que estava vivendo. Em tom triste, ela diz que não tinha pique para viajar, não podia comer, nem podia beber. Também não tinha ânimo para usar um lindo vestido.

A médica afirma que o que ficou e mais alegra sua vida são as boas lembranças e as experiências que viveu. Ela cita ainda os sentimentos verdadeiros e amor puro que recebeu de amigos.

Advertisement

Larissa dá outra lição muito importante, ao afirmar que brigas, conflitos, vaidades e reclamações não levam a lugar nenhum.

Ela pede que as pessoas que convivam em paz e respeitam a individualidade de cada um. Em seguida, ela dedica um parágrafo inteiro para o marido e rasga elogios ao parceiro após "um ano terrível", como ela escreve. Logo depois, ela diz que tinha a vontade de dizer a todo mundo que ela gosta que tomem as rédeas de suas vidas. "A vida é hoje".

A médica volta a dizer que cada um é dono de sua própria trajetória e que cada pessoa deve namorar, viajar, comprar com responsabilidade. A carta viralizou nas redes sociais e foi bastante compartilhada. O portal G1 tentou contato com a família de Larissa, mas eles estavam abalados e não quiserem comentar sobre o assunto.