Na cidade de Moreno, na Grande Recife, um padrasto é suspeito de ter tirado a vida de uma criança de 11 anos e uma adolescente de 13. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 3. Segundo informações da Polícia Civil, o padrasto estava abusando da adolescente de 13 anos. Porém, o irmão mais novo interveio. Na tentativa de impedir que sua irmã fosse violentada sexualmente, ele acabou se tornando vítima também.

Segundo a polícia, o padrasto não aceitou a ação do menino e por isso esfaqueou os dois. O homem, que tem 28 anos, teria acabado tirando a vida do jovem e de sua irmã. Os dois irmãos tentaram fugir, e até conseguiram sair de casa, porém, eles não puderam resistir aos ferimentos provocados pela faca, e faleceram do lado de fora da casa.

O suspeito do crime chegou a ser agredido por moradores da Vila Holandesa, que é exatamente o bairro onde ele estava quando tentou violentar a enteada.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, Robson José dos Prazeres, que é o padrasto das crianças, havia chegado em casa com sinais de que havia ingerido uma quantidade considerável de bebida alcoólica. A garota e o garoto mortos são filhos de um primeiro relacionamento de Jéssica Nascimento, atual companheira de Robson.

Além disso, Jéssica e Robson têm mais dois filhos, um de nove anos e outro de cinco. No momento em que o crime aconteceu, a mãe dos jovens não estava presente.

Jéssica contou que estava na casa de um tio que é portador de necessidades especiais, e, por esse motivo, não poderia ficar sozinho.

Ela contou que em dado momento o seu telefone tocou, e, ao atender, percebeu que se tratava de sua sogra. Foi nesse momento em que ela recebeu a notícia de que Robson havia tirado a vida dos filhos dela. Ela mal conseguiu acreditar e entender perfeitamente o que a sogra dela dizia. Inclusive, ela, sob desespero, relatou que tria solicitado que a mãe de Robson repetisse a informação.

Jéssica Nascimento revela sonho dos filhos assassinados

Ela lamentou a perda precoce dos filhos e contou sobre os sonhos de cada um deles. Segundo Jéssica, sua filha mais velha tinha o sonho de crescer, estudar muito para poder se tornar advogada. Já o seu filho de apenas 11 anos tinha um admiração muito grande pela profissão dos militares, e por esse motivo deseja se tornar um policial.

Ao contar quais eram os sonhos, ela lamentou que isso jamais poderá se tornar realidade.

Robson agredia a companheira constantemente

Segundo a própria Jéssica, ela era vítima constante de violência doméstica. Ela disse que em determinada ocasião seu companheiro chegou a lhe tirar sangue.

A Polícia Civil informou que Robson será autuado em flagrante por duplo homicídio e por tentativa de estupro. Petrúcio Jucá, delegado responsável pelo caso, relatou que está muito consternado com tamanha barbaridade desse caso.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!