Na manhã deste sábado (05), um acidente automobilístico que culminou com uma vítima fatal assustou os moradores do município de Taubaté, localizado na região do Vale do Paraíba, a 130 km de São Paulo.

O atropelamento de três Policiais Militares lotados no Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais), ocasionado por um carro de passeio, se deu na Rodovia Presidente Dutra e culminou com a morte do subtenente Antônio Carlos Linguini, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Policiais em romaria sofrem atropelamento em rodovia que corta Taubaté

De acordo com informações passadas por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trio de policiais militares se encontrava gozando de folga e haviam decidido fazer uma romaria a pé até a cidade de Aparecida do Norte, também situada na região do Vale Paraíba, e conhecida por ser onde se encontra a Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

Publicidade

O acidente se deu no quilômetro 104 da rodovia Presidente Dutra no sentido Rio de Janeiro. Ainda segundo a PRF, os três policiais foram atingidos por volta das sete horas, por um carro modelo Celta, que teria invadido o acostamento e atropelado as vítimas.

Na Dutra, três policiais são atingidos por motorista alcoolizado que se negou a prestar socorro e fugiu do local

O acidente culminou com a morte de Antônio Carlos Linguini, que era natural da cidade de Guarulhos (SP). Os outros dois policiais que participavam da romaria foram socorridos com ferimentos graves e encaminhados para o Hospital Regional em Taubaté onde recebem atendimento e seguem internados com escoriações e fraturas expostas.

Sem prestar socorro às vítimas, instantaneamente após o atropelamento o motorista saiu em fuga pela rodovia Presidente Dutra, mas após a placa do carro que dirigia cair e ser encontrada por policiais rodoviários, o mesmo foi identificado e detido no interior de uma residência na cidade de Pindamonhangaba.

O veículo se encontrava estacionado na garagem da casa do suspeito com a parte frontal destruída. Dentro do automóvel, foi encontrada uma garrafa de uísque. Submetido ao teste do bafômetro, foi constatado que o motorista de 26 anos de idade se encontrava embriagado.

Publicidade

Encaminhado para a Delegacia de Taubaté, de acordo com informações passadas pela Polícia Civil, o motorista será autuado e responderá pelos crimes de homicídio, lesão corporal, fuga do local e por dirigir sob o efeito de álcool.