Anúncio
Anúncio

Aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (25) uma tragédia que tem preocupado moradores e autoridades da cidade de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Uma barragem da empresa mineradora Vale se rompeu e causou um enorme prejuízo. No momento, a preocupação é sobre o número de desaparecidos. Segundo o Corpo de Bombeiros, existem 200 pessoas desaparecidas, 5 vítimas foram encaminhadas ao Hospital João XXIII e nenhum corpo foi encontrado.

Foi criado no Facebook uma página que mostra imagens da destruição. Os vídeos mostram pessoas atoladas no barro tentando se salvar. Em outro vídeo, divulgado pela RecordTV, é possível ver a reação de desespero de funcionários da Vale momentos após o rompimento da barragem.

Anúncio

O presidente Jair Messias Bolsonaro tomou conhecimento da gravidade da situação e fez um comunicado. Ele reuniu sua equipe para dar todo apoio necessário às vítimas. Ele também irá sobrevoar neste sábado a área afetada para ver outras medidas urgentes que poderão ser adotadas. O governo de Minas também está tomando medidas para minimizar o impacto da tragédia.

As cidades vizinhas fizeram comunicados pedindo à população para que não se aproximem dos locais afetados. Muitas pessoas abandonaram suas casas por precaução.

Familiares procuram pessoas que estão desaparecidas. "A cidade está um pandemônio. As pessoas estão muito assustadas", relata Genilda Dalabrida, dona de um restaurante na cidade.

Anúncio

Ela diz que a todo momento vê as pessoas com o celular na mão tentando fazer ligações. Dona Genilda também está a procura de informação sobre seu ex-marido. Ele trabalha próximo ao local.

Helicóptero dos bombeiros faz resgate de risco

A RecordTV filmou ainda o exato momento de um resgate de vítimas da tragédia. O helicóptero do corpo de bombeiros estava resgatando três pessoas que estavam atoladas no barro. O helicóptero ficou quase encostado na lama para tirar as pessoas. Felizmente, os três sobreviveram.

Desastre de Mariana

Ambientalistas se preocupam com os danos que esses acidentes podem causar à Natureza. Esse é o segundo acidente parecido que aconteceu em Minas em um curto espaço de tempo.

Anúncio

Em 2015, uma barragem na cidade de Mariana se rompeu e deixou 19 mortos. Milhares de pessoas perderam suas casas e atualmente vivem com a ajuda do governo.

Muitos temem que as vítimas do acidente de hoje sejam bem maiores que a do acidente de Mariana. O acidente atingiu a parte administrativa da Vale. Trabalham na unidade 613 pessoas, em três turnos, além de 28 profissionais terceirizados.

CORREÇÃO - A equipe editorial da Blasting News pede desculpa aos leitores. A notícia originalmente foi publicada às 23:41 GMT com um título que não correspondia à verdade. O título manteve-se neste formato até a 01:20 GMT, quando foi alterado para que refletisse a verdade jornalística.