O que era para ser um momento feliz na vida de uma jovem mãe acabou se transformando em uma fatalidade bastante inesperada, dada a pouca idade da vítima. Arieli Cristina Ribeiro, uma jovem de 18 anos, estava no seu oitavo mês de gestação quando deu entrada no Hospital das Clínicas de Marília, no interior de São Paulo, depois de sofrer um acidente vascular cerebral. A morte aconteceu no dia 22 de março.

Arieli Cristina passou mal no dia 8

A jovem vivia na cidade de Bastos, cerca de 103 km de distância de Marília, e deu entrada no hospital da sua cidade, após passar mal.

Publicidade

Entretanto, para buscar melhores recursos para o tratamento, no dia 8 de março ela foi transferida para o Hospital das Clínicas de Marília. Uma vez no hospital, Arieli Cristina chegou a apresentar um quadro de melhora. Porém, durante essa mesma semana a jovem voltou a se sentir mal e veio a falecer em decorrência de um acidente vascular cerebral.

Entretanto, devido ao considerável avanço da gravidez de Arieli, salvar o bebê se tornava uma opção viável para os médicos, uma vez que as chances de sobrevivência do pequeno eram boas o bastante para as tentativas.

Os médicos procederam exatamente dessa maneira, conseguindo fazer com que a criança saísse da situação com vida. Nesse momento, o filho de Arieli Cristina Ribeiro se encontra internado para ser monitorado cuidadosamente e está sob os cuidados de seus avós maternos.

Corpo foi velado na cidade de Bastos

O corpo da jovem foi velado em sua cidade local, Bastos. O sepultamento, por sua vez, ocorreu no sábado, dia 23, no horário das 17h, no cemitério municipal da cidade.

É importante estar alerta para o que aconteceu com Arieli, uma vez que um acidente vascular cerebral (AVC) pode acontecer sem motivos aparentes e atingir pessoas de qualquer idade.

Publicidade

Porém, existem fatores que aumentam as suas probabilidades e é importante conhecê-los, uma vez que alguns podem ser modificados, sendo hábitos, mudanças de estilo de vida ou mesmo uma questão de se tomar a medicação adequada para a prevenção.

Além disso, é válido saber que, normalmente, os AVCs são mais comum em homens do que em mulheres, ocorrem com mais frequência entre pessoas na faixa etária de 55 anos e tende a aumentar conforme se fica mais velho, devido a fatores como o colesterol.