Enquanto muitas cidades brasileiras se despediram do Carnaval, São Paulo ainda arrastou diversos foliões com blocos de rua no último final de semana. E foi em meio à folia que Guigo Quieras acabou sendo agredido por um grupo de Policiais Militares após tentar se abrigar da chuva, que acabou colocando fim ao evento. Nas redes sociais, o youtuber denunciou o caso, que também foi exposto pelo "Fantástico", da Rede Globo, com vídeo onde mostra o momento exato em que o jovem teria sido arrastado e agredido por PMs.

Youtuber contou que chegou a pedir para não morrer

No último domingo (10), Guilherme Kieras, de 29 anos, mais conhecido como Guigo nas redes sociais, veio a público através de seu Instagram denunciar agressões que teria sofrido da parte de Policiais Militares enquanto curtia o Carnaval na cidade de São Paulo.

Segundo relatou, Guigo e um amigos curtiam o Bloco Largadinho de Cláudia Leitte no último sábado (9), quando uma forte chuva acabou colocando fim no evento. Como a maioria dos foliões, Kiera contou que correu para se abrigar do temporal e no primeiro momento teria tentado parar em uma marquise de uma churrascaria, próxima de onde ocorria o evento.

Guilherme narrou que ele e o amigo acabaram sendo interceptados por policias que já estariam no local e não permitiram que eles permanecessem ali. O youtuber afirmou que não questionou o posicionamento da polícia, e que de prontidão teria procurado outro local para se esconder da chuva.

Debaixo de uma árvore, Guigo contou que abraçou o amigo para amenizar o frio quando novamente os policiais disseram que ali também não poderiam permanecer.

O youtuber narra que teria questionado o motivo aos PMs quando as agressões começaram. Entre quatro e 5 militares teriam o agredido, conforme relatou.

"A última coisa que lembro antes de perder a consciência foi de pedir para não morrer, e segundos após acordar, me recordo de pedir pra ir embora", desabafou Guigo.

Imagens mostram Guigo sendo arrastado e agredido

O relato de Guigo pôde ser comprovado através de imagens que mostram o momento exato das agressões.

Exibido pelo "Fantástico", vídeo flagrou o youtuber sendo arrastado por PMs em meio as viaturas, onde teria levado socos até desacordar, conforme relatou em sua publicação no Instagram.

Ainda em suas redes sociais, Kieras compartilhou a matéria exibida pelo programa da Rede Globo em novo post onde pede Justiça.

Guilherme levou pontos na boca e está com corpo cheio de hematomas, conforme exibiu a reportagem do Fantástico. Segundo o capitão Osmário Ferreira, porta-voz da PM, os policiais que aparecem no vídeo foram afastados e o caso já está sendo apurado.

Não perca a nossa página no Facebook!