Durante a transmissão de um programa ao vivo, onde o ex-integrante do grupo de pagode Exaltasamba Pinha Presidente era um dos entrevistados, uma rádio online foi assaltada e a ação foi transmitida para os ouvintes. O crime aconteceu na noite desta terça-feira (2), na sede da SOT, nos Jardins, área nobre de São Paulo.

O bando, que de acordo com a Polícia era composto por pelo menos cinco elementos, sendo um deles armado, pegou joias, celulares, relógios e correntes dos apresentadores e convidados.

A transmissão também era feita através de imagens, e quem estava acompanhando pela internet viu todo o assalto.

Uma das pessoas que estava no estúdio chegou a passar mal e ouviu de um dos assaltantes que era para ficar tranquila que não ia acontecer nada. Os criminosos fugiram.

Além de Pinha, também estavam no estúdio os apresentadores Jocimar Martins e Ronaldo Brás, além de Grazzi Brasil, intérprete da Vai-Vai, e Tassiane Martins, Miss São Paulo Plus Size.

Falaram que iam fazer uma entrega

O diretor da rádio, Alessandro Santos, contou que para conseguirem entrar no local os assaltantes falaram que estavam fazendo uma entrega, algo que é comum acontecer na rádio, e, ao abrir o portão, teve uma arma apontada para sua cabeça. “Eles já entraram, colocaram a arma na minha cabeça", disse.

Pinha fala de momentos tensos

Refeito do susto, o cantor Pinha Presidente gravou um vídeo onde relatou os momentos de tensão que viveu durante o assalto à rádio.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Música

Ele disse que os bandidos estavam nervosos e a todo o momento procuravam dinheiro e relata que usaram de violência contra um funcionário da rádio. “Acho que eles erraram o local, porque estavam atrás de muito dinheiro”, falou.

Pinha disse ainda que no momento que os assaltantes entraram no estúdio ele estava falando sobre sua carreira e demorou um pouco para entender o que estava acontecendo, mas, ao perceber do que se tratava, buscou se manter calmo e acalmar as demais pessoas. “No início fiquei sem entender, daí vi que se tratava de um assalto”, disse.

Filha de Grazzi assiste tudo pela internet

Os momentos de pânico vividos pelas pessoas que estavam no estúdio foram compartilhados por quem assistia a transmissão pela internet. Uma dessas pessoas foi a filha de Grazzi Brasil, de apenas 15 anos. “Minha filha viu tudo ao vivo pela internet e ficou desesperada”, disse a cantora. “Imagina se sou baleada e um filho meu vê eu morrer?”, questionou a artista.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo