Um tiroteio ocorrido em uma casa noturna na madrugada desta segunda-feira (29), em Foz do Iguaçu, região oeste do Paraná, deixou três mortos e um ferido. Segundo informações passadas pela Polícia Militar ao portal G1, um homem tentou entrar no estabelecimento sem pagar e isso o motivou a voltar armado.

A confusão teve início por volta da 1h30, quando o homem, conhecido pela alcunha de “Feijão”, tentou entrar na casa noturna, que fica no bairro Três Lagoas, sem pagar. Ele foi contido pelos seguranças. Após ser expulso pelos seguranças, ele teria voltado ao local armado com uma pistola e começado a efetuar disparos, atingindo os três seguranças, sendo dois homens e uma mulher.

Todos eles morreram.

Depois de balear as pessoas, o atirador conseguiu entrar na casa noturna e seguiu efetuando disparos. Um policial que estava de folga tentou impedir o homem, mas também acabou sendo baleado. O atirador fugiu do local em uma moto e está sendo procurado pela polícia. Quatro viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram deslocadas até a casa noturna para socorrer os baleados.

Quem eram as três vítimas fatais do tiroteio

Das vítimas fatais, uma mulher de 32 anos, identificada como Elizabete Andreza Nunes Avalos, que era segurança da casa noturna, chegou a ser socorrida, mas veio a falecer em função de uma parada cardiorrespiratória quando estava dentro da ambulância recebendo atendimento.

Um dos homens, identificado como Agnaldo Alex Fernandes, morreu quando estava a caminho do hospital.

Já o outro homem, Pedro Damásio de Souza, morreu ainda no local. Já o policial militar Alexandro Felix Martins Velanes, de 28 anos, foi atingido no peito e na perna e está internado no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, mas não havia informações sobre seu estado de saúde. Os corpos das três vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade e a Polícia Civil está investigando o caso.

Quatro acabam baleados em briga em tabacaria

Também no Paraná, quatro pessoas acabaram baleadas na noite deste domingo (28), após uma briga seguida de confronto com a polícia em uma tabacaria situada em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. O local estava cheio na hora da confusão.

De acordo com informações apontadas pela polícia e divulgadas pela imprensa, após atirarem em duas pessoas no local, os suspeitos fugiram em um carro, mas acabaram sendo encontrados por policiais, que deram ordem de parada.

Como eles não obedeceram, iniciou-se uma troca de tiros e dois homens foram baleados. Todos os feridos foram levados para o Hospital Angelina Caron.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!