O jovem modelo brasileiro Tales Soares, de 26 anos, morreu neste sábado (27), após desmaiar na passarela da Semana de Moda de São Paulo. Tales teve um colapso durante o desfile da marca Ocksa na SPFW.

Os convidados do evento inicialmente pensaram que a queda tinha sido apenas um desequilíbrio do modelo e só se deram conta que era algo grave quando a equipe médica correu para a passarela para prestar socorro ao modelo. Ele foi levado de ambulância a um hospital, mas, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde, o modelo chegou sem vida à unidade médica.

Os médicos que socorreram o modelo suspeitam que Tales possa ter tido um problema congênito.

O caso foi registrado na 14° DP de São Paulo como "morte suspeita a esclarecer" e um laudo necroscópico apontará o que o vitimou o modelo.

O agente de Tales Soares, Rogério Campaneli, da agência MGT, muito abalado, revelou à FocusOn que "tudo aconteceu muito rápido, ninguém imaginava que algo assim pudesse acontecer".

"Foi algo muito inesperado: ele beijou um amigo nos bastidores que entraria em seguida, saiu confiante como de costume e de repente tropeçou, perdeu o equilíbrio e caiu", lamentou o agente.

Inicialmente os médicos acreditavam que o modelo possa ter tido um ataque epilético, porque após a queda ele estava espumando pela boca. Esta hipótese foi descartada pela irmã do modelo, Alexandra Soares, que disse ao portal G1 que o irmão não tinha epilepsia e que ele não tinha nenhum problema de saúde.

De acordo com a irmã do modelo, ele tinha feito a poucos dias uma bateria de exames e que estava bem de saúde. "Eu e minha mãe (Heloísa) conversamos com Tales por videochamada antes do desfile e ele disse que estava bem e que tinha acabado de comer uma cenoura", completou Alexandra.

Família do modelo está inconsolável

Todos da família estão muito assustados e tristes com o que aconteceu.

Segundo a irmã do jovem, ele era extremamente saudável, cuidava da saúde, fazia exercícios físicos, não fumava e nem bebia e se alimentava bem, além de ser praticante de yoga.

A família de Tales mora a 800 quilômetros de São Paulo, em uma cidade chamada Manhuaçu, no estado de Minas Gerais. Todos assistiam ao desfile ao vivo pela televisão e viram o momento que Tales caiu e foi socorrido pelos médicos.

Neste momento a transmissão foi cortada e a mãe do modelo ligou para seu agente desesperada, para saber o que tinha acontecido. No primeiro momento disseram que o Tales tinha desmaiado e que tinha sido levado ao hospital. Pouco tempo depois a organização do evento ligou novamente e informou que ele havia morrido, disse a irmã do modelo.

Após a morte do modelo, vários vídeos começaram a aparecer nas redes sociais mostrando que o jovem estava caminhando normalmente e quando ele se virou no final da passarela, começou a cambalear e logo caiu no chão.

No Instagram, os organizadores do SPFW, postaram uma foto do jovem modelo com a mensagem: “'que Deus te receba de braços abertos! A vida é definitivamente uma passarela e só estamos aqui de passagem!

Muito triste!".

A marca de moda Ocksa postou no Instagram que toda a sua equipe ficou "chocada" com a morte de Tales Soares, que foi contratado pela agência de modelos MGT.

Em um comunicado a imprensa, a agência de modelos MGT afirmou que Tales Soares nunca "apresentou ou queixou-se de problemas de saúde".

"Ele tinha uma dieta saudável (ele era vegetariano), não usava substâncias ilícitas e era considerado em plena condição de saúde para participar do desfile. Aguardamos o boletim médico e pedimos respeito nesse momento", lembrou o comunicado.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!