Foi encontrado no último domingo (5), o corpo do cão Barney, que fazia parte do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina. O animal foi encontrado por volta de 11h do domingo. O corpo do cachorro estava próximo ao rio de Sangão, no sul do estado.

Ele havia sido carregado pela correnteza enquanto participava das buscas de homem de 60 anos, no Rio Urussanga, em Içara. A busca ocorreu na sexta-feira (3). Barney tinha 2 anos de idade, e participava durante os resgates do corpo de bombeiro, tanto em terra, quanto em água.

Ele havia feito parte da equipe que realizava as buscas da tragédia em Brumadinho em fevereiro.

As buscas de Barney foram feitas pelo Corpo de Bombeiro da qual fazia parte. Os bombeiros procuraram o animal entre galhos e acúmulo de lixo na região, onde ele havia desaparecido. O corpo foi localizado boiando próximo de galhos de arvores na marginal direita do rio. Ele foi localizado a 1,5 quilômetro de distância do local onde ele havia desaparecido. Os bombeiros retiraram o corpo do animal da água e encaminharam para Içara.

Uma cerimônia em homenagem a Barney será realizada nesta segunda-feira (6). O horário da cerimônia foi marcado para as 11h no Garden Pet, um crematório de Animais localizado em São José na Grande Florianópolis. O animal também foi homenageado pela corporação, comandantes e treinadores em suas redes sociais a respeito do trabalho prestado por todo o tempo que esteve realizando buscas junto ao Corpo e Bombeiros.

O comandante Edupércio publicou em seu twitter uma homenagem ao cão, prestando solidariedade ao dono do animal neste momento.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Animais

Ele fez questão de registrar o seu pesar com a partida do cão e lamentou a perda do sargento, em nome de toda a corporação da qual fazem parte. Segundo informações, o dono de Barney, o solgado BM Luciano Rangel ficou muito abalado após a morte do animal. A corporação ofereceu todo apoio psicológico necessário para o dono neste momento tão difícil que ele está enfrentando com a morte de seu cachorro.

O animal fazia uma busca, juntamente de seu dono na última sexta-feira.

Eles procuravam por um homem de 60 anos que estava desaparecido em Içara. Ao entrar no rio para procurar pela vitima o cão acabou submergindo. Os bombeiros afirmaram que o homem em questão havia desaparecido há alguns dias e estava sendo procurando em terra através de drones.

Eles receberam a informação de que bicicleta do homem foi vista no local boiando no rio em questão. Desta forma os trabalhos foram ampliados para a região. Nas buscas foram incluídos botes, e o cão que acabou morrendo no local.

Os esforços dos bombeiros seguiram até a noite de domingo, mas até o presente momento da publicação o homem ainda não foi encontrado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo